sábado, 12 de maio de 2012

Dia das Mães...MACABRO!!!

                                Roddy McDowall com sua mamãe em "It" (o Carrasco de Pedra)


She Demons é um blog-zine familiar! E toda família tem que ter uma Mãe... Adoramos nossas mães... mas não só nós... até porque existem "mammas" imotais, sedutoras, dominadoras, psicóticas até... vivas ou mortas... humanas ou não... Uma seleção de mamães carinhosas (ou não) & filhinhos dedicados (ou apavorados) do cinema Fantástico...




NORMA BATES
filho: Norman(normal?)Bates
onde: Bates Motel
"Psycho" (Psicose,1960) de Alfred 
Hitchcock, inspirado em livro de Robert Bloch, com: Anthony Perkins
Relação: A senhora Bates era muito dominadora e exigente, o pobre Norman não tinha descanso enquanto cuidava do velho motel a beira da rodovia, e não deixava o coitado namorar. Mas Norman sempre atendia a todos os pedidos da velha senhora, inclusive o de se livrar de mulheres tentadoras, detetives xeretas e visitas inoportunas.

Segundo uma velha piada o filme teria recebido em Portugal o título "O Filho que era Mãe!". Grande clássico do cinema e a mais influente madonna do horror...

MAMÃE GORGO
Filho: Gorgo (Gorgosaurus)
Onde: Londres
"Gorgo" (1961) de Eugéne Lourié
Relação: Amor e proteção maternal. Quando o "pequeno" Gorgo é capturado  nas costas da Irlanda, e colocado em exibição em Londres, sua Mãe sai do mar, faz um passeio pela cidade destruindo seus principais pontos turísticos, pega seu filhinho e vão para casa, antes que Papai Gorgo resolva aparecer...
Londres sempre tentou competir com Tóquio no quesito "destruída por Monstros", é só ver "Behemoth The Sea Monster"(1958), "Konga"(1960)...

Gorguinho levado fugiu de casa e humanos sem coração o aprisionaram...como um animal!

Não chore filhinho...mamãe está vindo...


Gorgo foi refilmado (não oficialmente) em 1966 no Japão em "Daikaiju Gappa"( Gappa the Triphibian Monster) de Haruyasu Noguchi...e aí sim , é o casal de monstros que vem buscar seu rebento...

MAMÃE PIMM
Filho: Arthur Pimm
Onde:  Londres       
"It" (The Curse of the Golem/O Carrasco de Pedra, 1966) de Herbert J.Leder, com Roddy McDowall
Relação: Filho amoroso e dedicado. Quando o assistente de museu Arthur, descobre que uma estátua é na verdade o lendário Golem (monstro de pedra judeu do séc16), ele o utiliza para fins próprios, inclusive dar uma "vida" melhor para sua mamãe... mumificada a muitos anos... A psicopatia de Arthur (Roddy McDowall) e a relação com sua mãe, o fazem um primo londrino de Norman Bates.



somente para esclarecer...o da direita é o Golem, a esquerda é a senhora Pimm repousando em sua cama...antes que uma bomba atômica(!?!..verdade!) seja lançada sobre a casa para acabar com o terno convívio familiar.

DOROTHY YATES
Filha: Debbie
onde: Fazenda no interior da Inglaterra
"Frightmare"(1974) de Peter Walker
Relação: Depois que sua querida mãe (Sheila Keith) sai do sanatório onde estava internada por assassinato e canibalismo, a jovem Debbie (Kim Butcher) se junta a família para matarem/comerem uma psiquiatra, sua meio-irmã, a vizinhança...
Demência e gore de um diretor especialista no assunto... em um ano de filmes "familiares" como "Texas Chainsaw Massacre"...

...vem filhinha...mamãe vai te ensinar a cozinhar!






MARGARET WHITE
Filha: Carrie White
Onde: local suburbano nos estados Unidos
"Carrie" (Carrie a Estranha, 1976) Direção de Brian DePalma, baseado em livro de Stephen King
Relação: A pior possível! Margaret (Piper Laurie) é uma fanática religiosa irritante (e qual fanático não é?), que teve sua única cria Carrie (Sissy Spacek) em um momento de tentação... e por isso a tortura e maltrata e a isola do mundo real, transformando-a em uma nerd...
...sem saber que a garotinha retraída tem absurdos poderes telecinéticos e que...




...não deveria ser irritada...


Ótima adaptação de um dos muitos trabalhos mornos de King...Ponta de um muito jovem John Travolta em um filme muito influente no gênero.




MAMA DRÁCULA
Filho(a?)s: Vladimir & Ladislaus
Onde:Europa
"Mama Dracula" (1979) de Boris Szulzinger
Relação: Total entrosamento familiar. A Condessa Dracula (Louis Fletcher) procura com seus filhos gêmeos e gays (os irmãos Wajnberg) sangue de virgens para que ela possa se banhar e preservar sua idade. Mas está difícil encontrar garotas puras... Uma policial (Maria Schneider) investiga e um cientista louco (Jimmy Shuman) tenta criar um sangue artificial. O final é hilário, com a policial gostosa casando com os 2 gêmeos boiolas... e todos vivendo felizes...
 
com dois filhinhos assim...aja amor de Mãe!...

...difícil achar virgens,e algumas ainda estão protegidas!


Comédia belga, filmada na Inglaterra pelo mesmo diretor da animação adulta "Tarzoon, A Vergonha das Selvas"(1975), com muita influência de " A Dança dos Vampiros"(1968) de Roman Polanski.

"MÃE"
Filhos: Ike e Addley
Onde: no meio do mato no interior dos Estados Unidos
"Mother's Day" (Herdeiros do Mal, 1980) de Charles Kaufman
Relação: Mãe (Rose Ross-Beatrice Pons) acha que vai se atacada por sua irmã, uma selvagem que vive na mata, e por isso treina seus dois meninos em todas as formas de combate, utilizando pessoas raptadas para treinamentos sangrentos.
Produção dos primórdios da Troma, sátira anárquica ao consumismo.

 ...mamãe vai descansar enquanto os...
...filhinhos "brincam" lá fora...







PAMELA S. VOORHEES        
Filho: Jason Voorhees
Onde: Crystal Lake, EUA
"Friday the 13th"(Sexta feira 13, 1980) de Sean S. Cunninghan &
"Friday the 13th Part 2" (Sexta feira 13 - Parte 2, 1981) de Steve Miner
Relação: Amor de Mãe nunca morre, e a vingança...
A colônia de férias do Lago cristal, fechada durante muitos anos após uma série de assassinatos, é reaberta. Logo os jovens monitores vão saber da história do jovem Jason, que morreu no lago... uma nova chacina começa! (incluindo um muito jovem Kevin Bacon no elenco de vítimas)... Patrocinada pela Senhora Pamela... em honra a seu filhinho!
lobby card nacional original


Sim, no filme original, Jason só aparece no minuto/susto final, no que parece ser um pesadelo, mas... cinco anos depois novos teimosos insistem em rondar pelo local... e aí sim... Jason Voorhees (ainda sem a máscara de hockey, aqui vivido por Warrington Gillette) mata, estripa, esfola... em honra a sua santa mãezinha, cuja cabeça mumificada ele guarda em um altar...
Pamela perdeu a cabeça por causa de seu filho!


Muitas Sextas-feiras viriam, incluindo um remake séc. XXI... Jason continua apavorando... mas parece que já não pensa em sua mãezinha... que triste.





RAINHA ALIEN
Filhos: Alien, aliens & mais aliens
Onde: Planeta LV-426... e espalhados pelo espaço.


"Aliens" (Aliens O Resgate, 1986) Direção: James Cameron
Relação: Proteção maternal animal. A raça só quer se alimentar... e a grande mãe, rainha do ninho, protege sua enorme, perigosa e "ácida" ninhada...



Depois que o primeiro espécime fez seu contato com os humanos, muita coisa mudou: o planeta LV-426 foi colonizado... mas a comunicação com os colonos foi interrompida. Um grupo de space-mariners é enviado para uma missão de resgate, e a sobrevivente Ripley os acompanha e enfrenta a mamãe Alien... e descobre a "maternidade" de uma forma não ortodoxa...

MABEL CHILTON
Filho: Ed Chilton
Onde: Subúrbio familiar americano. 
"Ed and His Dead Mother" (Ed e Sua Mãe Morta, 1992) de Jonathan Wacks com Steve Buscemi.
Relação: Mãe dominadora & filho dedicado.
Um ano depois que sua impertinente genitora (Miriam Margolyes) faleceu, o esquisito solteirão Ed (Buscemi), que não consegue esquece-la, apela para uma empresa que promete resolver o problema. E ele recebe sua mãe de volta...
...mas ela tem novos e estranhos hábitos, como dormir na geladeira e comer carne...crua!














Comédia de humor negro com o ótimo Buscemi, parece uma versão light do filme seguinte...


VERA COSGROVE


Filho: Lionel Cosgrove
Onde: Nova Zelândia
"Braindead" (Dead Alive/Fome Animal, 1992) de Peter Jackson.
Relação: Amor doentio. Tudo bem que a senhora Vera (Elizabeth Moody) não era um amor de pessoa, mas ser mordida por um estranho "macaco-rato-da Sumatra" foi terrível. Tudo bem que seu filho Lionel era um nerd, tímido e dependente, mas ver sua amada mãe se transformar (e transformar a vizinhança) em um demente apodrecido zumbi-canibal... também é um castigo exagerado.
 Coitada da paquera de Lionel, a lindinha e espoleta Paquita (Diana Peñalver) envolvida com esta família sangrenta!
("Lionel, sua mãe comeu o meu cachorro!")

















Pastelão gore com humor doentio,
e a relação mãe & filho é o tema central, com o nascimento de um bebê zumbi hiper-ativo e um final edipiano-demente...





"má-má...má-má...."


BEVERLY R. SUTPHIN
Filhos: Kristy e Chip
Onde: subúrbio de Baltimore
"Serial Mom" (Mamãe é de Morte, 1994) de John Waters
Relação: Total equilíbrio familiar graças aos esforços de mamãe... Uma pacata e perfeita família norte-americana. Beverly (Kathleen Turner) mantém este modelo de paraíso, despachando vizinhos tarados, vizinhas metidas, namorados inconvenientes e outros "inimigos" para o além...





...sempre com simpatia e mantendo tudo limpo e arrumado...


Sátira ao modelo de "família-perfeita" e as convenções da sociedade, com o humor cruel e debochado típico de John Waters.
A Berverly de Kathleen Turner é possivelmente uma das serial-killers mais simpáticas da história.










CORAÇÃO DE MÃE NÃO TEM LIMITE...ENTÃO VEJA TAMBÉM ESTAS OUTRAS REPRESENTAÇÕES DE AMOR MATERNO !!!











"Die! Die! My Darling" (Fanatismo Macabro,1965)
de Silvio Narizzano
-Hammer Films-





















"The Anniversary" (O Aniversário, 1968) de Roy Ward Baker
-Hammer-




















"Throw Momma From The Train"
(Jogue a Mamãe do Trem, 1987
de Danny DeVito















                                     by Coffin



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...