quarta-feira, 2 de maio de 2012

Monica Cook: orgias sexuais com comida, gosma e tentáculos!








As pinturas de Monica Cook a primeira vista chocam, mas ao mesmo tempo excitam o espectador. Com suas criaturas gosmentas e comidas pastosas esfregadas na pele nua em poses sensuais, pilhas de corpos envolvidos em atos sexuais em meio a frutos esmagados e úmidos tentáculos, pintura de formas femininas sufocadas pelos membros de polvos. As pinturas hiper-realistas jogam com a tensão entre atração e repulsão e mexem com os sentimentos de quem as aprecia. Sentimos repulsa, desejo, nojo, dor, prazer, tudo ao mesmo tempo.

 
Sobre Monica Cook, sabe-se que nasceu em Dalton, Georgia em 1974 e graduou-se pela Faculdade Savannah de Arte e Design, em 1996. Hoje vive e trabalha em Nova York, onde concluiu recentemente uma residência na Escola de Artes Visuais. Expôs em museus e galerias por todo os Estados Unidos e Canadá, assim como na Holanda, Israel, França e Suíça.

A arte embasada numa técnica perfeita com tons leves semelhantes à realidade dos elementos retratados e as texturas evidentes, tem forte apelo erótico e nos passa a impressão de que nada mais é que uma orgia entre comida e seus restos e nós, humanos.
Uma característica interessante na maioria das obras, é que todas as mulheres parecem ter o mesmo rosto, independente de serem novas ou mais velhas, gordas ou magras, elas sempre tem os mesmos olhos e expressão.

 



Esse rosto é o da própria Monica. Cook conta: “há 10 anos comecei a pintar autorretratos de conveniência, usando-me como modelo.” Mas ela prefere ver as pinturas, mesmo que autobiográficas, como ilustrações de pessoas qualquer, não um retrato dela. Ela diz que se pinta para evoluir por conta própria e não “ficar presa por expectativas ou semelhança”.













Mas com o tempo Cook cansou de apenas pintar ela mesma, então começou a usar fotografias como referência. Como muitos artistas, ela gosta de trabalhar sozinha, então tornou-se confortável o uso de referência fotografica para pintar outras pessoas, sem as distrações de ter um modelo no estúdio.

 



































 







Além das pinturas, Monica também trabalha com fotografia e animação, o vídeo Deuce (abaixo) foi inclusive selecionado para o YouTube Play Biennial. No vídeo, assim como em toda sua obra, Monica choca pela linguagem diferenciada que usa para mostrar as diferenças de fantasias entre homem e mulher.



 Deuce Stills








 








  


















Volley Stills














Fotografias



































 














 Desenhos
























Frutas, peixes, polvos, líquidos, catarro, suor, secreções e excreções... Belos e pertubadores. Solitários e bipolares. Cenas únicas, hilárias e horripilantes. Prazeres momentâneos eternizados. Difícil ser superficial diante de todos esses detalhes.
Monica Cook nos mostra que pintar mulheres banhadas de catarros e mucos pode ser belo e interessante... 


Texto e pesquisa: Gisele Ferran 
@Gi_de_Gisele


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...