quinta-feira, 14 de junho de 2012

Gore Gore Geretta...



Modelo, atriz, roteirista, diretora premiada...Geretta Giancarlo ou simplesmente Geretta Geretta, como ela assina, é uma linda, multi-talentosa e multi-nacional artista. Nascida e criada em Portland, Oregon, USA, durante seus tempos de escola passou a se interessar por teatro, e passou a integrar o grupo teatral Rusty Nails, de New York. Durante uma viagem a Europa, se apaixonou pela Itália e morou lá durante 10 anos, começando sua carreira cinematográfica em filmes de horror e ficção científica.
 Em 1983 fez o papel de uma perigosa amazona em "Warrior of the Lost World/Il Giustiziere Della Terra Perduta" (O Guerreiro do Mundo Perdido) de David Worth com Robert Ginty, Persis Khambatta, Fred Williamson e Donald Pleasence. Uma aventura pós-apocalíptica, onde um mercenário nômade  "The Rider" (Ginty) e sua moto high-tech/ultra armada, luta contra o governo ditatorial conhecido como Omega. Uma co-produção Italo-americana com elenco internacional, um dos muitos pastiches  vagabundos (e divertidos) da série Mad Max.



E Geretta (assinando como Janna Ryan) continuou no futuro trash em "Anno 2020- I Gladiatori del Futuro" (2020- Os Gladiadores do Futuro, 1983) de Joe D'Amato ( Aristide Massaccesi) com Al Cliver, Sabrina Siani e Donald O'Brien, em um mundo pós holocausto nuclear, recheado de mutantes (e garotas gostosas), aonde o herói Nisus (Cliver ou Perluigi Conti) luta contra o tirano Blak One (O'Brien) e seus comparsas assassinos e estupradores...



...e também em "Rats - Notte di Terrore" (Ratos, 1984) de Bruno Mattei vivendo a personagem Chocolate, uma das muitas sobreviventes em uma terra devastada por um acidente nuclear e dividida entre duas facções... ambas vítimas de famintos ratos mutantes devoradores de humanos! Gore e sustos em um dos melhores trabalhos do sempre vagabundo Mattei.


     Geretta (Chocolate) e amigas, provando que mesmo no futuro, as mulheres ainda terão medo de Ratos!



















"Murderock - Uccide a Passo di Danza" ( 1984 ) de Lucio Fulci, é um giallo típico e bem comercial, sem os muitos excessos do "maestro do Gore". Geretta vive Margie envolvida com as belas garotas de um curso de aperfeiçoamento para bailarinas que são eliminadas (quase sempre nuas) por um assassino misterioso.






Então Geretta Giancarlo foi escalada para viver a personagem Rosemary, no terror "Dèmoni" (Demons- Filhos das Trevas, 1985) de Lamberto Bava, com Urbano Barberini, Fiore Argento e Michelle Saovi e co-roteiro e produção de Dario Argento. Ela é a garota que é infectada e se transforma em um demônio e alastra a praga em um cinema lotado e depois pela cidade de Berlin toda. Um divertido, assustador gore, de sucesso e grande cult italiano.



                                                Rosemary antes e depois da transformação...

A história original de Dardano Sacchetti, que envolve uma maldição de Nostradamus, recebeu uma ótima produção, com música de Claudio Simonetti e maquiagens gore de Sergio Stivaletti e Rosario Prestopino.
A marcante e violenta personagem de Geretta, com o passar dos anos assumiu um status de ícone do cinema de horror made in Italy e até mesmo uma boneca com seu nome e sua forma endemoniada no filme foi lançada.



                     acima foto autografada de Geretta e abaixo Boneca Macabra "babona"



Apesar de não receber seu nome nos créditos, Geretta faz o papel de uma sacerdotisa Vudú que liberta uma horda de mortos-vivos canibais em uma ilha (e depois também volta como uma zumbi monstruosa), aonde estão uma cientista e um grupo de mercenários em "Oltre la Morte" (After Death/Zombie 4/A Terceira Porta do Inferno, 1989) de Claudio Fragasso, mais um zombie/gore/trash italiano imitando os filmes de George Romero e de Lucio Fulci.





Já que o assunto é imitação barata & divertida de sucessos, "Shocking Dark" (Terminator 2/ O Regresso do Exterminador ,1989) de Bruno Mattei (especialista no "gênero") "tenta" ser uma continuação do "Exterminador do Futuro" misturado com "Aliens" e uma outra dezena de filmes em uma aventura futurista e gore, que conta como uma unidade do exército tem que enfrentar monstros mutantes na cidade de Veneza, desabitada e ultra-poluída , com a interferência de um cyborg com formato humano, infiltrado entre eles... Geretta faz a oficial Koster, e tem várias cenas de ação/horror...


                                                                 Geretta en ação!!!




Enquanto trabalhava em frente as câmeras, Geretta adquiriu o gosto pela parte técnica da produção, e depois de sua fase Italiana, voltou para Los Angeles e começou um curso de roteirista no prestigiado American Film Institute. Durante este período, escreveu e dirigiu diversos curtas como "Love to Share" e "When Fish Fly", além de comerciais institucionais. Uma viagem de algumas semanas a Irlanda se tornou 3 anos, estudando, escrevendo roteiros e comandando um quadro de um programa na TV chamado "Geretta Geretta Looks At...". 
Conseguiu de forma independente realizar seu primeiro longa, o drama romântico "Sweetiecakes" (2001), recebendo o prêmio de melhor diretora no Melbourne Underground Film Festival de 2002. Em 2006 finalizou outro longa "Whitepaddy", um drama sobre racismo, com Sherilyn Fenn e Lisa Bonet e em 2008 "Sweet and Teats" , que escreveu, dirigiu e atuou.


                                                            "Sweets and Teats"

Ligada as causas sociais, Geretta escreveu, dirigiu e produziu o documentário "100 Voices Against Apartheid" especial para a UNICEF, com depoimentos de personalidades contra a segregação racial.
Mas ela nunca esqueceu ou negou sua carreira em filmes de Horror, e participa ativamente de festivais e mostras internacionais do gênero, atendendo principalmente a legião de fãs de "Demons".





                            Geretta em festival de cinema e com seu "maestro" Dario Argento




Em 2012 ela participa do terror apocalíptico/religioso "The Becoming" de Geovanni Molina, no papel de "Satanica" e  "Bloody Christmas" de Michael Shershenovich, um psycho-killer sobre um assassino de crianças natalino, atualmente em fase de pós produção.



Quando não está filmando ou viajando, Geretta descansa em uma pequena ilha próxima a cidade em que nasceu e atualmente escreve o roteiro para uma comédia sexy que deverá se chamar "The Art of Spooning".








  


                                                              by Coffin Souza



Um comentário:

  1. Obrigado Eu amo todos os meus amigos de cinema no Brasil! Um beso!

    Thank YOU! Geretta Geretta "Rosemary!" vom DEMONS!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...