segunda-feira, 16 de julho de 2012

Uga-Uga! Yaba-Daba! Mulheres Pré Históricas no Cinema!


Vamos fazer uma viagem no tempo, a milhões de anos atrás (ou um pouco menos...) para mostrar como viviam os homens...ou melhor, as Mulheres das cavernas com suas mini saias de pele animal e fazendo...Din-Don!

1912: "Man's Genesis" de D.W.Griffith, com Robert Harron e Mae Marsh. * Um velho conta para crianças uma história sobre o tempo das cavernas, aonde um homem aprende a fazer um machado de pedra para defender sua amada.
Um dos primeiros sucessos do diretor de "Nascimento de Uma Nação" (1915) e "Intolerância" (1916).


1914: "His Prehistoric Past" (O Passado Pré-Histórico) de Charles Chaplin, com Chaplin, Gene Marsh, Al St.John *Carlitos sonha que viaja para o tempo das cavernas e tenta ensinar técnicas modernas para uma tribo, se dando muito bem os as garotas primitivas. Comédia clássica do astro/diretor /roteirista.



1940: "One Million B.C." (O Despertar do Mundo) de Hal Roach, com Victor Mature, Carole Landis e Lon Chaney Jr. * O guerreiro Tumak (Mature) se apaixona pela bela Loana (Landis) que pertence a uma tribo pacífica e os dois grupos acabam se juntando para se defender de perigosos dinossauros.


 Baseado em "Man's Genesis", Griffith, que era produtor associado e co-diretor teve seu nome retirado dos créditos após brigar com Hal Roach. Os homens das cavernas parece que se entendiam melhor...


Carole Landis provando que a teoria da evolução foi um sucesso!


1948: "I'm a Monkey's Uncle"  (Richas nas Rochas) de Jules White, com Moe Howard, Shemp Howard e Larry Fine. * Os 3 Patetas aprontam confusões no tempo das cavernas e defendem suas namoradas (Aggie, Maggie & Baggy) de brutamontes taradões! 





1950: "Prehistoric Women"  de Greg Tallas, com Laurette Luez, Mara Lynn, Allan Nixon. * Em 28.000 A.C., um grupo de belas mulheres primitivas descobrem os primórdios da civilização e enfrentam dinossauros, mamutes e machões peludos. Um documentário "fake" e proibido para menores.



1952: "Untamed Women" de W.Merle Connell, com Doris Merrick, Mikel Conrad, Lyle Talbot. *Um avião da força aérea americana cai em uma ilha habitada por uma tribo de mulheres primitivas, homens de Neanderthal, plantas carnívoras e dinossauros (cenas tiradas de "One million B.C."). Tudo filmado em apenas uma semana...

1955: "Stone Age Romeos" (Risadas Cavernosas) de Jules White, com Os 3 Patetas. *  Os Patetas são exploradores que tentam convencer o curador de um museu (Emil Sitka) da existência de homens das cavernas nos nossos tempos. Refilmagem do curta de 1948, com um prólogo diferente.




1956: "Kahariang Bato"/ "Tagani" de Rolf Bayer, com Andres Centenera,Cesar ramirez, Myrna Mirasol, Alicia Vergel. * Bahal (Centenera)  é um valente homem das cavernas, que protege sua linda companheira Lian (Mirasol) e sua clã de homens-serpentes, morcegos pré-históricos e de uma tribo primitiva de canibais dentuços.



 Fantasia e aventura Filipina, que foi "canibalizada" por Al Adamson, que tingiu com cores primárias as cenas deste filme em p&b e as utilizou largamente em sua ficção-trash "Horrors of the Blood Monsters" (1965). 




1958: "Wild Women of Wongo" de James L. Wolcott, com Ed Fury, Jean Hawkshaw, Mary Ann Webb. * Lindas mulheres das cavernas co-existem com peludos homens de Neanderthal em uma ilha. Quando descobrem que em uma ilha vizinha existem machos bonitões e mulheres feias, as duas tribos trocam os parceiros...



1958: "Teenage Caveman" de Roger Corman, com Robert Vaughn, Darrah Marshall, Frank De Kova. *Boy (Vaughn) é um adolescente rebelde do tempo das cavernas, enfrentando monstros, salvando sua amada e descobrindo eventualmente que seu mundo primitivo é a Terra de um futuro pós Apocalíptico. Filmado em apenas 10 dias com cenas de arquivo de "One Million B.C.".



1960: "The Lost World" ( O Mundo Perdido) de Irwin Allen, com Michael Rennie, Claude Rains, David Hedison.
* Uma expedição científica descobre um platô em plena selva Amazônica habitada por uma tribo perdida, dinossauros e plantas carnívoras gigantes.


 Baseado no livro de Sir Arthur Conan Doyle. Os "dinossauros" são lagartos e jacarés com maquiagem, o produtor/diretor Allen reutilizou estas cenas várias vezes em suas séries de TV dos anos 60 como "Viagem ao Fundo do Mar", "Perdidos no Espaço" e "Túnel do Tempo".

                                      Vitina Marcus, um belo exemplar do Mundo perdido.




1960: "The Flintstones" de William Hanna e Joseph Barbera. 
com Fred, Barney, Vilma,Betty. *No ano de 1.040.000 AC, na cidade de Bedrock, vive a as famílias vizinhas Flintstones e Rubble...Série de animação (1960-1966) clássica. Episódios de meia hora exibidos em horário nobre. Os primeiros anos foram mais focados na vida dos casais e brincando com temas mais adultos.Vilma & Betty, apesar de típicas e dedicadas donas de casa, sempre foram muito sexys...





                                                              Yabba-Daba-Doo!!!!


1961: "Valley of the Dragons" de Edward Bernds, com Cesare Danova, Joan Staley, Danielle De Metz, Sean McClory. *  Um cometa que passa perto da Terra, arrasta dois homens (Danova & McClory) para um mundo Mesozóico, onde enfrentam dinossauros e namoram belas mulheres primitivas (Staley & De Metz). 



















Levemente baseado em uma novela de Jules Verne, a produção vagabunda utiliza "montanhas" de cenas de..."One Million B.C."...mais uma vez...

                                     a vida nas cavernas não era de todo ruim...

1966: "Voyage To the Planet of Prehistoric Women" de Derek Thomas (Peter Bogdanovich), com Mamie Van Doren,
Mary mark, Paige Lee. * Astronautas chegam a Vênus  e enfrentam uma tribo de mulheres primitivas e adoradoras de uma deusa Pterodáctilo, lideradas pela bela Moana (Van Doren). Um dos 3 filmes produzidos por Roger Corman e dirigidos por Bogdanovich reutilizando cenas e efeitos do filme russo "Planeta Burg" (1959). Lançado somente na TV em 1968.







1966: "Women of the Prehistoric Planet" de Arthur C.Pierce
com Wendell Corey, John Agar, Irene Tsu, Keith Larsen



* Uma espaçonave entra em uma fenda no tempo e vai parar em um mundo primitivo, onde a tripulação descobre aranhas gigantes, lagartos monstruosos, plantas carnívoras e belas mulheres...



1966: "One Million Years B.C." (Mil Séculos Antes de Cristo)
de Don Chaffey, com Raquel Welch, Martine Beswick
* Loana (Welch) uma maravilhosa mulher pré-histórica, se apaixona pelo belicoso Tumak (John Richardson).Juntos enfrentam inúmeros dinossauros e acabam unindo suas tribos rivais.


Refilmagem colorida de "O Despertar do Mundo" (1940) da Hammer Films. Além da beleza de Rachel Welch com roupas minúsculas falando uma divertida língua primitiva, o destaque são os efeitos em stop-motion do mestre Ray Harryhausen. Sucesso mundial, foi o início de uma série de filmes com o mesmo tema pela produtora inglesa.

Loana

1967: "Slave Girls" (Mulheres Pré-Históricas) de Michael Carreras, com Martine Beswick, Edina Ronay, David Merchant. * Um caçador (Merchant) descobre duas tribos de mulheres primitivas. A tribo das morenas, lideradas pela cruel (e gostosa) rainha Kari (Beswick), escraviza as loiras que são adoradoras de um enorme (mas dócil) rinoceronte branco.

 Produzido as pressas pela Hammer para aproveitar o sucesso do filme anterior,reutilizando cenários, figurinos e a beleza de Martine Beswick, que antes fora a rival de Rachel Welch.



Rainha Kari, perigosa e sedutora...

do Museu Coffin Souza...

1969: "One Million AC/DC" de Ed DePriest, com Nancy McGavin, Pam English, Tony Brooks. * No tempo das cavernas, a vida sexual de homens, mulheres e gorilas em meio a ameaça de "terríveis" dinossauros.


 Comédia softcore de baixo orçamento e com a presença inesquecível de Dino, o Tiranossauro (um brinquedo de plástico). Relançado pela Troma como "Attack of the Killer Cave-Babes".



acima: as garotas primitivas se divertem com um "consolo" feito de osso.
abaixo: Dino, o mais trash de todos os dinossauros do cinema, devora uma "mulher".


1969: "When Dinosaurs Ruled the Earth" (Quando os Dinossauros Dominavam a Terra) de Val Guest, com
Victoria Vetri, Robin Hawdon. *Sanna, uma bela loura (Vetri) da Tribo da Pedra escapa de um sacrifício ritual e é resgatada por Tara (Hawdon), da Tribo da Areia. Enquanto a terra passa por um cataclisma provocado pela formação da lua, o casal se apaixona e Sanna faz amizade com um dinossauro.
Mais uma produção da Hammer, com a coelhinha da Playboy Victoria Vetri nua em várias cenas e efeitos especiais em Stop Motion (premiados) de Jim Danforth. 


Um dos filmes mais influentes do gênero "mulheres Pré-históricas" e ao ser lançado na Itália como "Quando I Dinosauri Si Mordevano la Coda" inspirou uma série de comédias populares que veremos a seguir...






acima: Victoria Vetri como Sanna em pose publicitária.
abaixo: Sanna é adotada por um dinossauro amigo.





... logo a seguir, na segunda e emocionante parte de UGA-UGA! YABA-DABA!!!...Não percam nem em um milhão de anos!!!

Breve, em nossa viagem pelo tempo...e mais, Muito Mais!!!


                                                                                                       by COFFIN TROGLO SOUZA


Um comentário:

  1. O Spielberg faz uma homenagem a esses filmes no final do Jurassic Park I quando o T. Rex mata os Raptors e arranca uma faixa do texto onde se lê: "When The Dinousarus Ruled The Earth"... Pelo jeito nao era soh eu que babava pela Welch e pela Vetri.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...