segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Dorian Cleavenger e as Mulheres Grotescamente Eróticas




“Eu comecei a desenhar quase instintivamente já aos 3 anos de idade. Dinossauros e monstros sempre ocuparam a minha mente, talvez porque eles só existiam na minha imaginação. Poucos anos depois eu me mudei para New Jersey onde eu morei por grande parte da minha vida, gastando grande parte do meu tempo observando e estudando várias coisas, principalmente astronomia, ciências naturais, física e arte. A Grande questão para mim era como as coisas funcionavam. Se “a curiosidade matou o gato”, então eu agradeço por ter nascido humano.
Quando garoto, os filmes de ficção científica me fascinavam. Eu queria ver todo o filme de monstro e revistas e quadrinhos com o assunto. Eu não me importava se a história era ruim, me interessava eram os efeitos. Por muitos anos eu fiz experimentos com maquiagens especiais, modelos de armar, escultura, modelagem com argila e efeitos animatrônicos... mas todos tinham suas limitações. O enigma da “arte” passou a ser meu interesse maior. Quais cores e sombras em um desenho em duas dimensões poderiam expressar o mundo tridimencional. Um dos meus maiores desafios era reproduzir em pintura as formas humanas, principalmente as formas femininas...”
Depoimento de Dorian B. Cleavenger para a revista Scream Queen # 22



Dorian Cleavenger, que já  foi músico autodidata, compositor, guitarrista em várias bandas de rock, também é um artista plástico que mistura o erotismo com a fantasia, combinando de forma admirável a figura de belas mulheres seminuas com elementos um tanto bizarros. Ele nasceu em Massachusetts e cresceu em Nova Jersey, onde durante seus anos de escola ganhou reputação não só por suas habilidades artísticas, mas também por sua natureza questionadora e curiosa.
"Eu sempre fui conhecido como o garoto "porquê" e minha curiosidade foi, e ainda é, insaciável. Esse interesse em ciências, física, biologia e praticamente tudo visualmente tangível, tem sido o meu banco de dados de referência para meu trabalho".

Logo no início da carreira Dorian mudou-se primeiro para Ohio e depois para Pittsburgh, onde fazia trabalhos em furgões, carros, motos e vans, expondo assim sua arte em “telas automotivas”. Decidiu então participar do Instituto de Arte de Pittsburgh. Enquanto frequentava a escola, ele recebeu inúmeros prêmios, aclamações, bolsas e honras - que, juntamente com o incentivo de seus instrutores, reforçou nele a ideia de que ele seria bem sucedido como artista freelancer em tempo integral. Inicialmente ele fez arte para muitas empresas de destaque como, por exemplo, a Disney. Porém Dorian sentia-se inibido por estar sujeito a restrições e requisitos de terceiros, o que impedia a oportunidade de autoexpressão. 
Em seu tempo livre, ele fez algumas pinturas experimentais que chamou a atenção de uma editora de quadrinhos que imediatamente fez encomendas de diversas capas, deixando-o livre para criar. Uma coisa levou a outra e logo Dorian estava desenhando capas e histórias para muitas grandes editoras. Seus mais bem sucedidos trabalhos eram justamente aqueles em que Dorian tinha liberdade para criar a sua própria versão das personagens. 
Dentro de um curto espaço de tempo os editores e colecionadores de todo o mundo estavam oferecendo-lhe comissões e compra suas pinturas únicas e originais.
As vendas de pinturas originais e reproduções de sua arte se espalharam por todo o mundo, vários livros foram publicados na Alemanha, África do Sul, China, Rússia, Bélgica e Estados Unidos.
Ele atualmente criou duas pinturas que descrevem suas visões de personagens, a pedido pessoal do criador de Star Wars, George Lucas, para um novo livro de arte sobre Star Wars com título provisório de "Star Wars: Visões 2010" que deve ser lançado em breve.
Dorian é professor de ilustração na Pensilvânia, onde leciona uma vez por semana, permitindo-lhe tempo suficiente para prosseguir os seus projetos de arte, e também a oportunidade de ensinar aos outros algo que adquiriu com sua experiência artística.
“Eu, como artista, devo sempre me sentir desafiado. Eu quero fazer algo que eu realmente não sei se consigo fazer. A pintura não é mais um desafio para mim como costumava ser.  Eu quero mais. Eu quero movimento, eu quero som, quero contar uma história. A pintura é como um quadro de um filme, um momento no tempo, dá-lhe algumas, mas não todas as informações. Estou trabalhando em filmes ultimamente, escrevendo, dirigindo,  fazendo efeitos visuais especiais e design de produção. É novo para mim e difícil, é por isso que eu amo fazer isso ... é um desafio.”
E, pelo jeito Dorian agora  está dedicando grande parte de seu tempo à esse novo desafio.  Dorian - que já havia feito várias animações, e dois curtas: "US" e "The Companion" - agora se dedica ao novo filme: Billy. E recentemente escreveu, produziu, filmou, dirigiu e editou seu primeiro longa “Reunion”. Um filme de baixo orçamento que conta com a participação de amigos e familiares na interpretação das personagens. Infelizmente não consegui mais informações sobre os filmes.
 

Snakegirl do filme Reunion
Assita abaixo o trailer do filme "US" e "The Companion" e algumas animações:

 





Ainda no cinema, Dorian Cleavenger foi responsável pela direção de arte, efeitos visuais e música do nova versão do clássico "The Pit and the Pendulum" (2010) dirigido por  Tony Baez Milan. E em 2011 foi fez design de produção, efeitos visuais e música para o curta MYTH do mesmo diretor.  



E, para encerrar de forma excitante, confira algumas de suas mais interessantes obras. Uma união do grotesco com o erótico, onde muitas delas mostram mulheres sensuais se relacionando de forma erótica com monstros, alienígenas e criaturas estranhas:



































“Eu tenho um interesse muito forte pelo bizarro, mas eu também adoro a forma humana, especialmente a forma feminina. Há algo sobre ela que diz muito mais do que o olho vê, eu acredito que é a verdadeira beleza. Eu também adoro animais, quando você combina os dois você pode criar algo mágico.”
  
Site do artista: http://www.dorianart.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...