sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A Eclética Rada Rassimov






Um nome belo e exótico, rosto idem...Rada Rassimov é uma deusa cult do cinema Italiano, e dona de um talento ímpar.
Filha de pais sérvios, nascida Rada Djrassimovic em Trieste em 1938. Ela e seus dois irmãos foram educados na escola em que seu pai era diretor e professor de gramática. Mais tarde, procurando uma universidade para estudar em Roma, Rada e seu Irmão Ivan, acabaram fazendo um curso de atuação e entraram para o então muito forte cinema italiano. Rada começou com uma aventura histórica ("Sida al Re di Castiglia",1963) e fez logo em seguida seu primeiro "Spaghetti-Western", pelas mãos do super-competente Tonino Valerii: "Per Il Gusto di Uccidere" (Pelo Prazer de Matar, 1966) com Craig Hill e George Martin (Francisco Mártinez Celeiro) e o sempre presente Fernando Sancho. Rada faz o papel de uma mexicana envolvida com um bando que planeja um grande assalto.



Mas um dos papéis em que Rada é mais conhecida, é o da prostituta Maria, que sofre nas mãos de Lee Van Cleef no Clássico "Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo" (Três Homens em Conflito, 1966) de Sergio Leone, com Clint Eastwood. 




A participação neste clássico, lhe garantiu claro, um lugar entre as principais estrelas do gênero  e então ela fez o papel de irmã do pistoleiro Django em "Non Aspettare Django Spara" (Django Não Espera...Mata!, 1967) de Edoardo Mularglia com Sean Todd , pseudônimo de Ivan Rassimov, seu irmão de verdade!

Em 1970 Rada fez o papel de Marlene no filme francês do diretor brasileiro consagrado Glauber Rocha "Der Leone Have Septe Cabeças" (O Leão de Sete Cabeças).
Na mesma linha de filme de arte-experimental, ela participou do polêmico "Necropolis" (1970) de Franco Brocani. Duas horas de imagens surrealistas envolvendo monstros clássicos (King Kong, Minotauro, monstro de Frankenstein, a condessa Bathory) e personagens históricos como Átila, o Huno e Montezuma, em uma fábula sobre o "sentido da vida" realizada por um artista plástico italiano e baseado em dois contos de Elio Pannacció. Um filme de culto que foi exibido em diversos festivais de cinema ao redor do mundo.



Paralelo aos filmes de arte e Spaghettis, Rassimov participou de vários filmes de terror e suspense na Itália.
"Hipnos, Folia di Massacro" (1967) de Paolo Bianchini, com Robert Woods e Fernando Sancho é uma mistura de Giallo e ficção científica sobre a investigação de um inspetor sobre vários casos inexplicáveis de suicídios e assassinatos e que conduzem a um vilão científico que pretende dominar o mundo hipnotizando as pessoas pela televisão.

 















 "Il Seme dell'Uomo" ( A Semente do Homem,1969) de Marco Ferreri é um drama de romance e ficção científica com um jovem casal que discute sobre ter um filho em um futuro próximo e apocalíptico, onde uma praga exterminou grande parte da população mundial. Um filme poético e com imagens surrealistas (e as vezes violentas), sobre o futuro e a reconstrução da humanidade.


Ela atuou sob a direção de Dario Argento em "Il Gatto a Nove Code" (O Gato de Nove Caudas, 1971) sobre um repórter (James Franciscus) e um jornalista cego aposentado (Karl Malden) que investigam juntos uma série de assassinatos misteriosos e acabam como alvo do criminoso. A personagem de Rada é estrangulada em seu apartamento e encontrada depois por Franciscus.



 



Em "Gli Orrori del Castelo di Norimberga" (1972) de Mario Bava, Rada Rassimov é Christina, uma das belas mulheres atormentadas pelo Barão Otto Von Kleist (Joseph Cotten), que fora amaldiçoado por uma bruxa que ele queimara na fogueira. Um descendente seu (Antonio Cantáfora) em busca da herança , desperta o sádico morto-vivo deformado que continua sua saga de mortes e torturas! O vilão do filme era para ser Vincent Price, mas ele recusou. Então a produção tentou Ray Milland, mas este não podia viajar para as filmagens. Foi então sugerido o veterano Joseph Cotten, que para a surpresa da Bava, aceitou.


 


Depois deste filme, Rada Rassimov se dedicou apenas a televisão, atuando em mini-séries e filmes especiais e também trabalhando como produtora...Seu irmão Ivan também se afastou do cinema e passou a ser editor de livros e histórias em quadrinhos, até que morreu em um acidente de moto em 2003...





                                                                                                                           bv Coffin Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...