quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

As Peitudas Diabólicas de Serge "Papa Ninja" Birault





O Artista Serge Birault, conhecido na internet por Papa Ninja, é especialista em pinturas digitais que giram em torno de um mesmo tema: mulheres. Algumas realistas outras bem caricatas, cheias de curvas, com cintura fina e peitos enormes, olhares sensuais e ameaçadores, em diversas versões: bruxas, guerreiras, vampiras... ele também usa fotos de algumas pessoas famosas nas suas ilustrações. 
Serge Birault nasceu em Estrasburgo em 1975 e cresceu em Toulouse, França. Desde criança se interessava pelas artes e ainda adolescente começou a realizar seus primeiros trabalhos. No final da década de 80 ele usava acrílicos e airbrush seguindo os passos de Hajime Sorayama. No meio da década de 90, ele tentou a pintura digital e encontrou uma maneira de adaptar suas técnicas de airbrush a este novo meio.
Confira abaixo algumas de suas mais sexys pin ups:




















 







Birault  já trabalhou em publicidade, editorial, jogos de vídeo e da indústria da música. Ele já ganhou inúmeros prêmios em CGTalk, CGHub, 3Dtotal, e It's Art. Atualmente é um ilustrador freelance, ministra cursos em diferentes escolas de arte de CG, na França, e faz oficinas em todo o mundo. E vive no sul da França com sua esposa e seus dois filhos.
Mais sobre o artista: 


Por Gisele Ferran


 






sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

As Mulheres do Pós-Apocalipse: Parte 2





Continuando nossa peregrinação pelo devastado mundo depois do Armageddon...mas bem acompanhados...


Das filipinas veio "Stryker" (O Sobrevivente, 1983) de Cirio H. Santiago. Em um mundo futuro onde a falta de água originou um apocalipse, uma bela mulher (Andrea Savio) conhece o segredo de um grande manancial guardado por um grupo de amazonas motoqueiras. Ela é capturada por vilões e salva pelo herói Stryker (Steve Sandor) e pelas guerreiras. Na bagunça divertida, muitas cenas de nudez e estupros e uma raça de anões do deserto que parecem ter saído de um filme da série "Star Wars"...













Do Canadá veio "Def-Con 4" (Condição de Defesa, 1984) de Paul Donavan, onde uma astronauta (Kate Lynch) de uma estação espacial, de volta a terra depois de uma guerra nuclear se vê em meio a tribos de novos bárbaros e mutantes canibais.









"City Limits" (1985) do americano Aaron Lipstadt, com Rae Dawn Chong, John Stockwell e James Earl Jones, explora a guerra entre duas gangues de adolescentes em um futuro em que uma peste exterminou a população adulta, e como eles precisam se unir contra uma corporação que planeja dominar o mundo.





Mas se o assunto são muitas mulheres gostosas do futuro, então que tal "America 3000" (1986) de David Engelbach ? 900 anos depois que uma guerra nuclear devastou tudo, a humanidade regrediu ao nível dos tempos das cavernas. Amazonas dominam tudo e os homens são tolos e escravos. Mas existe o perigo de animais mutantes e uma dupla de caras espertos que pode ensinar novamente as fêmeas o amor entre os sexos...Aventura e bom humor em um pequeno filme surpreendente.





Também americano, mas filmado na Turquia é "Land of Doom" (1986) de Peter Maris. Em uma terra arrasada por uma guerra nuclear, uma  bela guerreira feminista (Deborah Rennard) precisa se unir a um mercenário, para juntos tentarem encontrar um suposto "paraíso". No caminho precisam enfrentar gangues selvagens e outros perigos. Trash divertido e movimentado...









Das Filipinas, do prolífico Cirio H. Santiago, é "Equalizer 2000" ( O Dominador do Futuro,1986), com o eterno vilão gorducho Vic Diaz e a gostosa Corinne Wahl. A tal Equalizer 2000, é uma arma poderosa que pode garantir a sobrevivência e a supremacia em uma terra pós holocausto!




















Em um futuro (1998!?!) onde o planeta foi arrasado pela Terceira Guerra Mundial, um grupo de sobreviventes andarilhos encontra um bunker que parece seguro em "Creepozoids" (1987) de David DeCoteau. Acontece, que em tal lugar foram realizadas experiências secretas do governo, e o grupo tem que enfrentar um rato gigante, um bebê-mutante-assassino e uma forma de vida alienígena. Rodado com um orçamento mínimo, este divertido terror/ficção trash, bebe da fonte dos filmes de pós-holocausto nuclear e também em "Alien" (1979). A estrela é a graciosa e cult Scream Queen, Linnea Quigley, que claro tem uma inevitável cena de nudez e sexo no chuveiro...














Do Canadá veio a trilogia-de-dois-filmes "Empire of the Ash" (Império das Cinzas, 1988 e 1989) de Michael Mazo e Lloyd Simandl. O primeiro filme foi relançado apenas um ano depois de estrear como "Empire of the Ash 2", assim quando o segundo foi lançado, recebeu o título de "Empire of the Ash 3"..simples! Ah, sim! A história...bom, em um mundo pós-nuclear, um clã de guerreiros selvagens rouba, mata e estupra, e somente um herói pode salvar as mocinhas indefesas (quase sempre peladas).Tudo muito original.



















"Phoenix the Warrior (She Wolves of the Wasteland/Phoenix, a Guerreira do Séc.XXI, 1988) de Robert Hayes, nos apresenta a um mundo destruído pela guerra química, que dizimou a população masculina. As mulheres sobreviventes (todas belas e com um "sério" problema de falta de roupas), duelam entre si e tentam reproduzir homens em laboratório.
Entre as garotas deste futuro, estão Persis Khambatta, Kathleen Klimont (a heroína Phoenix) e Jill Conners...




                               Jill Connors se mantem asseada, mesmo em um futuro "tenebroso"

Os anos 90, nos trouxeram belas opções para exterminar o planeta, mas continuarmos paquerando lindas mulheres. 
"Dune Warriors" (Os Aventureiros do Deserto, 1990) de Cirio Santiago, com David Carradine; "Aftershock" (Em Algum Lugar do Futuro, 1990) de Frank Harris com um elenco estelar classe "B": John Saxon, John Lynch, Russ Tamblyn, Michael Berryman e a gostosa Elizabeth Kaitan; "Circuitry Man" (1990) de Jim Metzer e sua continuação "Plughead Rewired: Circuitry Man 2" (Circuitry Man 2: A Volta de Plughead, 1994) de Steve e Robert Lovy; "Mindwarp" (Pesadelo Futuro, 1991) de Steve Barnett, com Bruce Campbell e Angus Scrimm; "Neon City" (1991) de Monte Markham, com Michael Ironside e a linda Vanity; "Bounty Hunter: 2002" (Caçadores de Recompensa, 1992) de Sam Auster; "Knights" (A Exterminadora, 1993) de Albert Pyun (um especialista no tema!), com Kris Kristofferson, Lance Henriksen e Kathy Long...e mais ...muito mais...







                            LAPSO DE TEMPO...



Então em 2008, Neil Marshall fez uma ótima homenagem a todos estes filmes em "Doomsday" (Juízo Final), onde um grupo de elite, entra em uma área de quarentena 3 décadas depois que um vírus letal assolou a Europa. O que encontram? Novos bárbaros, punks e canibais; violência , caos e destruição da sociedade...e sensuais e perigosas mulheres como Viper (Lee-Anne Liebenger)! Tudo como previsto no calendário Ma...digo, nos filmes anteriores.


















Mas, só isto, você vai dizer! E cadê o filme tal...e aquele do...e o outro muito mais...Bom, se o mundo sobreviver, você poderá opinar. SE o mundo sobreviver...HÁ,HÁ,HÁ (risada de cientista louco com o dedo no botão da bomba).


                            "Levanta e me serve um café...que o Mundo acabou!"
                                           ( Nostradamus, Eduardo Dusek)


                                                                  by Coffin Souza
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...