sexta-feira, 14 de junho de 2013

W.I.P. - Mulheres Atrás das Grades (Parte 3)




O veterano diretor de pérolas do explotation-trash, Ted V. Mikels escreveu e dirigiu sua versão do tema "Ten Violent Women" ( USA,1982), com produção e elenco abaixo da linha da pobreza (como sempre em sua longa e divertida carreira).




Outro veterano, Tom De Simone, que depois de "Prison Girls" (1972) se dedicou a filmes gay-soft-core, produziu com meros U$ 900.000 o sucesso "The Concrete Jungle" (Confidências de Uma Prisioneira Americana, USA 1982). O filme rendeu mais de 11 milhões de Dólares somente nos Estados Unidos, com cenas de violência, estupro e uma carcereira/traficante de drogas vivida por Jill St. John. 





Nosso especialista no assunto Osvaldo de Oliveira dirigiu também "Curral de Mulheres" (BR.1982) com Elizabeth Hartman, Sandra Graffi e Maurício do Valle. Mais uma de suas variações-sobre-o-mesmo-tema : Traficantes de mulheres atraem belas garotas que são aprisionadas em uma grande jaula na floresta amazônica. Lançado no exterior como "Amazon Jail".




A deusa de ébano Laura Gemser, também sofreu as suas entre grades, a comando de Bruno Mattei em "Violenza in un Carcere Femminile" (Escravas da Corrupção,IT.1982) e "Emanuelle Fuga dall'Inferno" (IT.1983)...













Outro clássico apareceu em 1983, "Chained Heat" (Correntes do Inferno, USA) de Paul Nicholas. Linda "O Exorcista" Blair é a jovem Carol, enviada para a prisão pelo assassinato (acidental) de um homem.



 Lá, mergulha em um turbilhão de violência e uma luta racial entre as prisioneiras brancas lideradas por Erika (Sybill Danning) e as negras por Duchess (Tamara "Cleopatra Jones" Dobson). Stella Stevens é a durona Capitã Taylor, John Vernon é o carcereiro que utiliza as detentas para rodar filmes pornográficos e ainda a presença do sempre vilão Henry Silva e de uma muito nova Monique Gabrielle.







Ajita (George) Wilson esteve atrás das grades novamente em duas produções italiana rodadas simultaneamente: "Perverse Oltre le Sbarre" (Hell Behind Bars, IT.1983) e "Detenude Violente" (Hell Penitentiary, IT.1984) ambos dirigidos por Gianni Siragusa e com roteiros de Sergio Garrone.




















Do Brasil (em co-produção com a Itália) saiu "Fêmeas em Fuga"/"Femmine in Fuga" (1984) de Michelle Massimo Tarantini. A linda Suzane Carvalho é Ângela, a inocente mandada para a prisão e que sofre antes de sair em uma perigosa fuga em meio a floresta. O mesmo diretor italiano (especialista em seu país em comédias) rodou ao mesmo tempo "Perdidos no Vale dos Dinossauros", também com Suzane passando poucas e boas no meio do mato. Lançado no exterior como "Women in Fury".







Linda Blair também foi reincidente em penalidades e esteve em "Red Heat" (Presídio, Estadia no Inferno, USA 1985) de Robert Collector com a deusa erótica Sylvia Kristel e em "Savage Island" (Prisioneiras da Ilha Selvagem, USA 1985) de Edward G. Muller,com Ajita Wison e Anthony (Antonio de Teffé) Steffan; na verdade uma picaretagem do diretor italiano Eduardo Mulargia, que remontou um filme seu de 1979 com cenas novas com a garota do Exorcista...



Roger Corman produziu "Reform School Girls" (Reformatório de Mulheres, USA 1986) de Tom de Simone, com Sybill Danning agora do outro lado das grades, toda de couro, dirigindo uma prisão/reformatório, onde a líder das detentas é a falecida sexy-rockeira Wendy Williams (da banda Plasmatics), sempre de calcinhas e com seu visual meio Punk. A Intenção original do filme era ser uma sátira ao gênero, com a Incrível Pat Ast (da trupe de Andy Warhol) como Edna, a doida-braço direito de Sybill... 





"Star Slammer"/"Prison Ship" (Confusão nas Estrelas, USA,1988) de Fred Olen Ray, é uma mistura de todos os elementos já vistos aqui, com efeitos especiais vagabundos satirizando "Guerra nas Estrelas", cenas de arquivo de outras produções classe Z e ainda pontas enxertadas do velho astro de terror John Carradine. Um filme de prisão feminina no espaço como só o saudável picareta Olen Ray poderia fazer...





Os anos 90 começaram com o divertido e trash "Caged Fury" (Presídio em Fúria, USA 1990) de Bill Milling, uma mistura de W.I.P. com artes marciais e elenco mezzo-pornô. Ron Jeremy é o guarda "Pizzaface"; a loira inocente é a atriz pornô Kascha; o astro de Karatê Richard Barathy distribuí porradas e também aparecem Erik Estrada, James Hong e Paul L. Smith...





continua na próxima prisão...

                                                                          by Coffin Souza

5 comentários:

  1. Sou um grande fã do She Demons Zine!!! Parabéns pelo excelente trabalho!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Allan, e o interesse, a crítica e o carinho de vocês só nos dá mais força para continuar Mais & Melhor!!

    ResponderExcluir
  3. Queria aproveitar os seus conhecimentos cinéfilos e te fazer um pedido (talvez) sem noção: você saberia me indicar filmes WIPs (ou até não necessariamente Wips)que contém especificamente cenas em que mulheres aparecem presas uma a outra? Tipo acorrentadas uma a outra, algemadas uma a outra, amarradas juntas, grudadas, enfim, desse gênero?

    Só não vale "Black Mama, White Mama", pois esse eu já conheço e até já fiz um post a respeito no meu blog: http://togethernessfetish.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Teríamos que fazer uma pesquisa mais específica...mas a situação é até comum no gênero W.I.P. , em todo caso, o teu Blog é bem legal e já está nos links das Indicações da Demonia !

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...