quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Britt Ekland - A Predadora!




Nascida em 6 de outubro de 1942 em Estocolmo, Suécia; a linda loirinha de grandes olhos azuis e lábios carnudos resolveu ser atriz na época da escola.



 Fluente em quatro línguas, entrou para um grupo teatral internacional e passou a viajar pela Europa realizando seu sonho. Aos 18 anos estreou no cinema em uma ponta em "Saudades de um Pracinha" (1960), comédia musical com Elvis Presley, filmada na Itália e Alemanha.



Britt especializou-se inicialmente em comédias, no seu país natal, na Itália e Estados Unidos, mas sempre em pontas e papéis menores. Morando em Londres, ela trabalhou também como modelo e foi através de uma foto sua em uma revista que o famoso ator e comediante Petter Sellers a encontrou e a pediu em casamento em 1964!



Seu casamento foi conturbado, Sellers teve um ataque cardíaco pouco tempo depois e Britt se mostrou uma gastadora compulsiva, detonando a fortuna do marido com jóias e roupas caríssimas. Mas ficou ao seu lado enquanto ele esteve doente, tiveram uma filha (Victoria, nascida em 1965) e juntos participaram de 3 comédias: "A Carol for Another Christmas" (TV, 1964), "O Fino da Vigarice" (1966) e "Toureiro sem Sorte" (1967). O casamento acabou em divórcio em 1968. No mesmo ano, fez muito sucesso na comédia picante "Quando o Strip-Tease Começou" de William Friedkin.



Britt continuou sua carreira em filmes para o cinema e TV e sendo motivo para jornais sensacionalistas com notícias de seu alegado furor sexual e apetite por dinheiro!
Com "Asylum" (O Asilo do Terror, 1972) de Roy Ward Baker, ela entrou no cinema fantástico, aonde seria consagrada como Scream Queen e Fêmea Fatal.


 O filme mostra histórias contadas por internos de um hospício, ela participou do episódio "Lucy Comes to Stay". Lucy (Britt) visita sua amiga Barbara (Charlotte Rampling) no asilo e depois que esta tem alta, a garota continua a aparecer e influenciar sua mente...seria Lucy uma imaginação...ou...





Britt foi Greta, no suspense e terror "Endless Night" (Noite Interminável, 1972) de Sydney Gilliat. Baseado em uma novela de Agatha Christie, conta a história de um jovem casal que consegue construir a sua "casa dos sonhos" e logo estão envolvidos em acontecimentos bizarros que parecem mostrar que o lugar seria amaldiçoado.




Britt Ekland esteve linda, sensual e apavorada em "Night Hair Child"/"What the Peeper Saw" (Uma Fresta no Teto, 1972) de James Kelley e Andrea Bianchi. Ela vive Elise, nova esposa de um rico escritor que conhece Marcus (Mark Lester) o filho dele do primeiro casamento.


 O garoto de 12 anos, expulso de um colégio, se mostra inteligente e carente, mas também parece ser um torturador de animais, voyeur e possivelmente um assassino! O título nacional se refere a uma fresta no teto do quarto do casal, por onde o diabólico garoto os espia ao transarem...






Em "The Wicker Man" (O Homem de Palha, 1973) de Robin Hardy, com Christopher Lee e Ingrid Pitt, Britt vive a jovem Willow. Na clássica trama de terror e suspense, um policial investiga o desaparecimento de uma jovem em uma pequena ilha da Escócia.




 Todos os habitantes locais estão envolvidos em um antigo culto pagão e Willow tenta seduzir o honesto e religioso sargento Howie (Edward Woodward) cantando e dançando nua.



Bela e sedutora, Britt seria escalada para viver Mary Goodnight, a sexy e estabanada agente secreta/Bond Girl em "The Man With the Golden Gun" (007 Contra o Homem da Pistola de Ouro, 1974) de Guy Hamilton, com Roger Moore (em seu segundo filme como James Bond) e Christopher Lee (o vilão Scaramanga).



 Britt também se interessou por música e Rock, de todas as formas...Em 1973 ela teve um filho com o produtor musical Lou Adler; em 1975 começou um namoro muito divulgado com o Pop Star Rod Stewart e mais tarde namorou, casou e se separou de Phil Lewis (L.A. Guns) e Jim McDowell (Stray Cats)...Ah, sim! Em 1979 ela se lançou como vocalista, lançando seu único disco.



Voltando a sua carreira como atriz, participou de umepisódio duplo da série de TV "Galática-Astronave de Combate" (1978) e da aventura fantástica "King Solomon's Treasure" (1979) de Alvin Rakoff com David McCallum e Patrick McNee. Nesta versão Trash da obra de H. Ridder Haggard, Ekland é a rainha Nyleptha, que preside uma cidade perdida em meio a nativos africanos, vulcões e dinossauros (fakes, muito fakes!).




Falando em Trash, Britt participou de um dos episódios da comédia de terror e musical "The Monster Club" (O Clube dos Monstros, 1980) de Roy Ward Baker com Vincent Price e John Carradine. Ela atua no segundo segmento, que envolve um vampiro (Richard Johnson) e um policial (Donald Pleasence). Tentativa frustada de misturar contos do escritor R. Chetwind-Hayes com humor, monstros vagabundos e péssimos números musicais. Assim mesmo...é divertido!
  

                                                       Britt, o vampiro e o policial...

No terror erótico "Satan's Mistress" (Demon Rage, 1982) de James Polakof, Britt vive a médium Ann-Marie, que ajuda sua amiga Lisa (a peituda Lana Wood, irmã menos conhecida de Natalie Wood) que está envolvida com homem alto, negro e forte...e que na verdade é um fantasma tarado!




















Britt continuou aparecendo em séries de TV, comédias e também em filmes de erotismo soft e no teatro. Em 1989 apareceu como a cafetina-vampira Madame Cassandra na comédia de terror "Beverly Hills Vamp" (A Vampira de Beverly Hills) de Fred Olen Ray, com Michelle Bauer, Debra Lamb e o insuportável comediante Eddie Deezen.








No final dos anos 90, Britt recebeu o diagnóstico de que estava com Osteoporose e se afastou do trabalho para um longo tratamento. Mas ela voltou a trabalhar ocasionalmente na TV em participações especiais.







                                                                                                                                    by Coffin Souza

2 comentários:

  1. Ótima e maravilhosa matéria!Amei as fotos de Britt!Amei ela no filme O Homem de palha!Ela é (ou era) realmente estonteante!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Nightrider! Ela é/era demais mesmo! E o blog é para vocês!!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...