segunda-feira, 3 de março de 2014

As Super-Gostosas da TV




Desde a década de 40, os super-heróis dos quadrinhos dão suas caras e ajudam a humanidade contra vilões pérfidos na telinha da TV. Primeiro vieram os cowboys mascarados Lone Ranger e Zorro, e depois apareceu o famoso Superman. 
Mas as Super-Heroínas? Aquelas gostosas uniformizadas com roupinhas apertadas dando sopapos em bandidos, que tanto despertam os desejos (e punhetas) dos garotos (e secretamente de seus pais, é claro) ???



A primeira super-gostosa da TV foi BATGIRL (Yvonne Craig), convidada especial da série "Batman" em 1967. Cansados da viadagem da dupla-dinâmica da TV, e sem o refresco para os olhos que a era a vilã Mulher Gato de Julie Newmar, os produtores acrescentaram a bela super-heroína como novo interesse romântico (feminino!) do Homem-Morcego na terceira temporada da série. 



A tímida bibliotecária Barbara (filha do comissário Gordon) veste seu apertado uniforme azul com capa amarela e saí pelas ruas de Gotham City em sua Bat-cicleta para combater o crime, ajudar a dupla-dinâmica e estimular os hormônios masculinos da audiência. 




A ideia inicial era criar uma série paralela, com crossovers entre as duas. Um episódio de curta metragem foi gravado, mas os produtores decidiram simplesmente  incorporar a garota-morcego na trama. O uniforme de Bat-Girl  no curta (que nunca foi exibido na TV) é levemente diferente (e bem mais apertado em seu corpão) do que o da série. 



Em 1974 foi produzido um filme-piloto para uma série com a heroína Mulher Maravilha (Wonder Woman) com a loura Cathy Lee Crosby. Além de ser uma produção vagabunda, a personagem nada tinha a ver com a Amazona dos gibis e o especial teve baixa audiência, cancelando o projeto.




A produtora Filmation levou ao ar entre 1974 e 1977, a série Capitão Marvel. Seguindo os passos de Batman, em 1975 foi introduzida a super-heroína mitológica Ísis, que ganhou série própria "A Poderosa Ísis" (The Secrets of Isis) com a morena JoAnna Cameron.





Em 1976, os irmãos Syd e Marty Krofft lançaram "A Mulher Elétrica e a Garota Dínamo" (Electra Woman and Dyna Girl), uma espécie de Batman & Robin com peitões! Na verdade a série de apenas 16 episódios era uma cópia descarada do homem-morcego, com todos os mesmos elementos (engenhocas estranhas, esconderijo secreto, vilões coloridos, comentários espirituosos da Garota Dínamo, à lá Robin, etc.). Seria uma paródia, se a série de Batman fosse séria!


Um novo filme foi feito com a Mulher Maravilha, agora com Lynda Carter e bem mais fiel a personagem original. Em "The New, Original Wonder Woman" (Mulher Maravilha, 1975), a Princesa das Amazonas, Diana saí da Ilha Paraíso com seu anião-robot-invisível e vai para os Estados Unidos ajudar contra a ameaça dos nazistas durante a Segunda Grande Guerra.  

O filme foi bem recebido, gerou duas continuações e uma série de 11 episódios entre 1976 e 1977. Nesta primeira fase, ela lutava contra agentes nazistas, alienígenas e salvava incontáveis vezes o seu amado Major Steve Trevor (Lyle Walggoner).



Apesar do sucesso, o canal ABC desistiu de continuar o programa que era o mais caro produzido pela televisão mundial até então. A CBS comprou os direitos e na nova série intitulada "The New Adventures of Wonder Woman" ( As Novas Aventuras da Mulher Maravilha,1977-1979), a heroína volta 30 anos depois do término da Segunda Guerra, conhece Steve Trevor Jr., filho de seu amado e volta a defender a paz e a justiça da humanidade. 



Resolvido assim o problema dos gastos com uma produção de época; foi acrescentada uma galeria maior de vilões, mensagens ecológicas e cenas e situações mais erótico/masoquistas, para explorar a beleza de Lynda Carter e agradar o público adulto.



A  produtora Hanna Barbera tentou combinar o formato "camp" do Batman anos 60, com a popularidade do desenho animado Super Amigos e o sucesso nos cinemas do filme "Superman" (1978) com Christopher Reeve. Então, dois "especiais" foram feitos para apresentar este conceito na forma de "Legends of the Superheroes" (1979). 



Os super heróis da DC Comics se reúnem para deter um time de super-vilões que planejam destruir o mundo. Adam West e Burd Ward, vestem novamente suas roupas colantes e entre os diversos heróis estão as gostosas "A Caçadora" (Barbara Joyce) e "Canário Negro" (Danuta Soderman), além da vilã Giganta ( A'leshia Brevard ). Gravado em vídeo, com cenários pavorosos e a terríveis "risadas gravadas", os filmes foram pouco vistos e ganharam um merecido status Trash.



Se nos quadrinhos, e mais recentemente nas telas dos cinemas, os Super-Heróis são imbatíveis, na TV sua história é feita de muitos fracassos. O piloto de uma proposta série com a "Liga da Justiça da América" de 1997 (aonde apareciam entre outros as heroínas "Fire" e "Ice"), nunca foi ao ar por ser extremamente vagabundo. 



 O piloto de uma nova série com a Mulher-Maravilha foi realizado em 2011, e depois de vazar na Internet foi cancelado pela emissora.



Restaram as super-heroínas que apareceram na série "Smallville" (2001-2011) e a curta série "Birds of Prey" (2002-2003) com a Caçadora (filha de Batman com a Mulher-Gato), a filha da heroína Canário Negro e BatGirl, depois Oráculo (Barbara Gordon agora paraplégica depois de um atentado do Coringa). Mas tenho que admitir que nunca assisti nenhum destes pós anos 90...então vou ficar com minhas lembranças e punhetas nerds ainda dedicadas as mulheres maravilhosas de Lynda Carter, Yvonne Craig e cia...

Ou...






"Santa sacanagem Batiman!!"...

                                                                                                                         by Coffin Super Souza

4 comentários:

  1. Ótimo post, além de trazer belas mulheres, conheci o tal 'Legends of Superheroes'' que nunca tinha ouvido falar !

    Filmelixo

    ResponderExcluir
  2. pequena que esta época das heroínas da TV acabou hoje em dia só passa lixo na TV,Só faltou a She-Ra apesar de ser um desenho era ela linda.. tai uma boa ideia ,hein ! Gostosas na TV em Desenho,que tal? Bom post !!! e um abraço de Spektro 72

    ResponderExcluir
  3. Sempre fui gamadão na Linda Carter!E ela ainda tá linda hoje em dia!E ela é a que mais se enquadrou no papel de mulher maravilha!

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo post, também não conhecia o Legends of Superheroes!

    Em tempo, quem é a Robin da última foto? =P

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...