segunda-feira, 7 de abril de 2014

Jenny Agutter: Uma Scream Queen Relutante

Entre as atrizes inglesas dos anos 70/80, Jenny Agutter detém um lugar especial no coração dos fãs dos filmes de horror por seu papel marcante no clássico "Um Lobisomem Americano em Londres".


Nascida Jennifer Ann Agutter em Dezembro de 1952 em Somerset, Inglaterra, filha de um oficial das forças armadas.
Jennifer passou a infância viajando com a família e morando em diversos países. Sua carreira no cinema iniciou aos 12 anos como a filha de um sultão na aventura "Revolta no Sudão" (1964) de Nathan Juran. Logo estaria na TV na série "Disneylândia" (1966) e sendo a atriz principal da mini-série de aventura e drama "The Railway Children" (1968) da BBC.
Em 1971, ela estrelou o ótimo drama/aventura "A Longa Caminhada" de Nicolas Roeg, rodado nos desertos da Austrália e mostrou toda a sua beleza nua em belas cenas aquáticas...



Ela prosseguiu em séries e especiais de TV até 1975, quando estrelou ao lado de Michael York a aclamada ficção científica "Logan's Run" (Fuga do Século 23) de Michael Anderson, baseada na novela de William F. Nolan.





Num futuro pós-apocalíptico, a humanidade sobrevivente vive de forma idílica, protegida dentro de uma gigantesca cúpula. Tudo parece perfeito, mas uma lei determina que todos só podem viver até os 30 anos de idade. Alguns tentam escapar deste destino e fogem. Para isto existem os caçadores/patrulheiros conhecidos como Sandmen.



 Logan-5 (York) é um destes caçadores que acaba descobrindo a liberdade fora do seu mundo ao lado da bela Jessica-6 (Jenny Agutter). Esnobado pela crítica da época,o filme no entanto se tornou um grande sucesso de bilheteria, ganhou um Oscar por seus efeitos visuais e se transformou numa série de TV (com elenco diferente).




Jenny teve um bom papel (e também cenas de nudez) no perturbador drama "Equss" (1977) de Sidney Lumet, sobre um rapaz esquizofrênico com a obsessão de mutilar cavalos.



Ela esteve no thriller australiano "Dominique" (Dominique Está Morta! Será? , 1978) de Michael Anderson. Ela é a irmã de um milionário (Cliff Robertson) cuja esposa chamada Dominique (Jean Simmons) cometera suicídio. Estranhos fenômenos e aparições parecem confirmar que a mulher voltou para assombra-lo. Mas tudo e uma armação pela herança da falecida orquestrada pela personagem de Jenny.






Jenny Agutter este com Robert Powell no perturbador suspense de terror "The Survivor" ( Confronto Final, 1980) de David Hemmings. Keller (Powell) é o piloto que sobrevive miraculosamente a um desastre aéreo que mata 300 pessoas. Os fantasmas dos passageiros e tripulantes passam a atormenta-lo para que investigue as razões do acidente...




Então chegou "An American Werewolf in London" (Um Lobisomem Americano em Londres, 1981) de John Landis !
Um clássico instantâneo na década, recheado de cenas gore, efeitos especiais revolucionários (Rick Baker e grande equipe de maquiadores), referências ao gênero, humor e graças a Jenny, uma personagem com sex appeal honesta e bondosa. 

A história de David, um estudante americano (David Naughton) que sobrevive ao ataque de um lobisomem e é atormentado pelo fantasma pútrido de um amigo (Griffin Dunne) enquanto enfrenta a gradual  e dolorosa transformação licantrópica.




 Jenny é a dedicada enfermeira Alex Price que cuida do rapaz e acaba se apaixonando por ele...agora um feroz lobisomem! E se nos importamos com o sofrimento de David, é porque a bela Jenny Agutter confere enorme carisma a sua personagem, tornando o romance entre eles ainda mais convincente e aproximando o casal do espectador.



Ela foi Cleópatra em um dos mini-segmentos da comédia maluca de ficção científica "Amazon Women on the Mooon" (As Amazonas na Lua" (1987) de John Landis, Joe Dante e outros.


Ela voltou a estrelar um filme de horror: "Dark Tower" (1989) de Freddie Francis e Ken Wiederhorn, sobre um luxuoso edifício em barcelona que é assombrado por fantasmas assassinos. O filme teve diversos problemas durante a sua produção, mudanças no roteiro, troca de diretor,etc. Jenny conta em uma entrevista para a revista Fangoria # 313 :
"Eu literalmente fiquei correndo e gritando pelos corredores do cenário por duas semanas. Então os produtores editaram junto muito disto e o filme se tornou uma gritaria sem sentido." 



Jenny fez uma ponta em "Darkman" (Darkman- Vingança Sem Rosto, 1990) de Sam Raimi e estrelou "Child's Play 2" (Brinquedo Assassino 2, 1990) de John Lafia. Aqui ela é Joanne, a mãe adotiva do garoto Andy (Alex Vincent) e claro não acredita nele quando ele afirma que Chucky, o boneco-vivo com a alma de um serial-killer está de volta a sua procura!


Jenny Agutter afirma com toda convicção que nunca foi fã dos filmes de terror e que nunca aceitou o rótulo de Scream Queen. Negou participação em diversos projetos do gênero, principalmente pelo fato do gênero privilegiar os efeitos e os sustos em vez da interpretação e diálogos. "Nos filmes de horror, as pessoas tem a tendência de cortar as cenas de diálogo, o que aconteceu literalmente em "Child's Play 2". Eu me lembro do diretor dizendo "Isto não funciona!", e rasgando a página do roteiro, colocando um efeito lá!"



John Landis a chamou novamente para uma ponta em mais uma comédia de humor-negro "Burke and Hare" (2010) sobre a notória dupla de ladrões de cadáveres. Jenny Agutter também tem aparecido em filmes de super-heróis da Marvel como "The Avengers" (Os Vingadores, 2010) e "Capitão América 2: O Soldado Invernal" (2014)...





                                                                                                                              by Coffin Souza








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...