quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Lone Fleming : A Dama dos Mortos Vivos


Lone Fleming nasceu na grande e pitoresca cidade de Aarhus, Dinamarca, em Setembro de 1945 (e não em Madrid, Espanha, 1949 como consta no IMDB). Ela começou a carreira como artista plástica, chegando a realizar algumas exposições de suas pinturas e esculturas. Em 1970 ela se casou com o diretor espanhol Eugenio Martin, e sob sua influência e direção estreou no cinema. Sua primeira ponta não creditada veio em "La Última Señora Anderson" (A Quarta Vítima, 1971) de Eugenio Martin. Um policial violento e com elementos de terror (ao estilo Giallo italiano), sobre um homem (Michael Craig) suspeito de ter matado suas últimas 3 esposas e que se envolve com outra mulher (Carroll Baker), parecida com as falecidas...



Assinando como Lone Ferk, fez o papel de uma mexicana no euro-western "Duelo dos Homens Maus" (1971), também de Eugenio Martin. Logo ela estava estrelando um cult-filme de terror: "La Noche del Terror Ciego" (1972) de Amando de Ossorio.



 Ele vive a jovem estilista Betty Turner, que reencontra sua amiga Virginia (Maria Elena Arpón) e juntas com o galanteador Roger (César Burner), partem para um fim de semana no interior da Espanha. Enciumada, Virginia decide passar a noite sozinha em um velho monastério em ruínas e é atacada e morta. Betty e Roger a procuram e descobrem que um grupo de cavaleiros Templários cegos e mortos, voltaram das tumbas para cumprir seus antigos rituais sangrentos. 



Primeiro filme da série com os zumbis cegos de Ossorio, e Lone com um ótimo papel - uma personagem dúbia sexualmente, que sofre nas mãos de homens e de zumbis, sobrevivendo no final...para encerrar o filme com seu grito de terror !



"Una Vela para el Diablo" (1973) de Eugenio Martin, foi seu próximo filme de terror. A História de duas irmãs maduras e fanáticas religiosas, que dirigem um pequeno hotel no interior da Espanha. Uma delas (Aurora Bautista) é uma perigosa psicopata que assassina jovens que ela desaprova moralmente.




Lone é Helen Miller, uma das jovens turistas que a louca ameaça...



Um psicopata assassino também era o problema em "Sexy Cat" (1973) de Julio López Tabernero.



 Nesta mistura espanhola de Giallo, quadrinhos, aventura e gore; uma equipe de cinema que está rodando um filme sobre uma personagem de HQ (uma "Mulher-Gato" assassina com garras de lâminas), sofre mortes violentas e misteriosas que são investigadas por um policial durão. Lone faz uma jovem atriz na mira do assassino.



No segundo filme da saga dos zumbis-Templários "El Ataque de los Muertos Sin Ojos" (O Retorno dos Mortos Vivos, 1973) de Amando de Ossorio, Lone Fleming é Amalia, funcionário do prefeito da cidade portuguesa que é atacada pelos mortos-cegos durante um festival que celebra a vitória dos locais contra os templários à 500 anos.
Sua personagem faz de tudo para salvar sua filha e acaba morrendo ao protege-la.




Ela esteve no estranho suspense "Malocchio"/ "Más Allá del Exorcismo"/ "Mal de Ojo" (1975) de Mario Siciliano; uma co-produção Itália-Espanha-México. 



Peter Crane (Jorge Rivero) é um playboy conquistador e boa vida. Tudo começa a mudar quando ele conheça a bonita Yvonne Chevrel (Lone Fleming), uma francesa que diz que uma profecia do pai dela a alertara sobre o perigo de ser morta por um homem com este nome.



 Ele, claro não acredita e segue na intenção de seduzi-la. Mas Yvonne é estrangulada e Peter tem estranhos pesadelos que envolvem rituais de magia negra...



Uma mistura de Giallo com terror sobrenatural, e um título em espanhol que tenta forçar conexão com "O Exorcista"!


Falando em "O Exorcista", Lone foi Anne Crawford em "La Endemoniada" (1975) de Amando de Ossorio. Deixando um pouco os mortos-cegos de lado, Ossorio fez esta cruel e soturna incursão no tema da moda naquele ano. A filha de um político é possuída pelo capeta e comete barbaridades, inclusive tentando seduzir (e depois castrar) o noivo da personagem de Lone Fleming!




Nos anos seguintes, Lone participou de diversos dramas e comédias de cunho erótico, voltando ao gênero fantástico apenas em "Viaje al Centro de la Tierra" ,1977) de Juan Piquer Simón. Nesta aventura baseada em Jules Verne, um grupo de aventureiros descobre uma região pré-histórica aonde encontram animais gigantes (tartarugas, pássaros e um gorila) e dinossauros.



Lone teve um papel na aventura "El Último Kamikaze" (1984) de / e com Paul Naschy e depois se aposentou do cinema, dedicando-se a sua atividade artística com pintura e escultura.



Um revival de sua carreira no cinema fantástico e como musa de Amando de Ossorio, a trouxe novamente  para as telas!
Ela está em "Wax" (2014) de Victor Matellano, terror em homenagem ao gênero "Museu de Cera" (com participação póstuma da voz de Paul Naschy!)...



...um papel na comédia de terror "La Mujer que Hablaba con los Muertos" (2014) de César del Álamo; e no filme ainda em produção "Vampyres" de Victor Matellano (sob um roteiro original de José Ramón Larraz), com Caroline Munro e Antonio Mayans !!!




Mais informações sobre sua carreira, atividades e arte, em :
http://lonefleming.blogspot.com.br/

Um pouco de sua carreira como modelo:






                                                               By Coffin Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...