sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Sarah Douglas : Uma Linda Vilã



Sarah Douglas nasceu em Dezembro de 1952 em Stratford-Upon-Avon, interior da Inglaterra, cidade natal de William Shakespeare. Cresceu e estudou lá, trabalhando em uma fábrica e em um hospital, até se decidir pela carreira de atriz. Após estudar interpretação por algum tempo, se lançou na carreira aos 21 anos, aparecendo em algumas séries da TV britânica.
Sarah fez uma ponta no thriller de ficção científica "The Final Programme" (O Programa Final, 1973) de Robert Fuest.



Ela foi uma das esposas do conde vampiro de Jack Palance em "Dracula" ( Drácula, o Demônio das Trevas, 1974) de Dan Curtis, com roteiro do celebrado Richard Matheson .



Sarah sempre foi atraída pelos filmes de ficção e fantasia, e fez uma ponta no famoso "Rollerball" (Rollerball, Os Gladiadores do Futuro, 1975) de Norman Jewison  e apareceu na série "Space 1999" ( Espaço 1999,1976).



                                                bela e misteriosa em Espaço 1999


Um de seus primeiros papéis de destaque foi na aventura fantástica "The People That Time Forgot" (O Povo que o Tempo Esqueceu, 1977) de Kevin Connor. 



 Ela vive uma fotógrafa, enviada pelo jornal de sua família para documentar uma expedição em uma região pré-histórica encontrada na Antártida. Ao lado de Doug Mc Clure e Patrick Wayne, ela enfrenta tribos bárbaras e dinossauros variados. Por sua atuação neste filme, ela foi indicada ao prêmio Saturn Award da Academia de Filmes de Horror, Fantasia & Ficção Científica.




Sarah foi então escalada para viver a fria e poderosa vilã Ursa em "Superman" (Superman : O Filme, 1978) de Richard Donner e "Superman II" (Superman - A Aventura Continua, 1980) de Richard Lester. 



No primeiro filme, a Kryptoniana Ursa e seus dois companheiros bandidos (Terence Stamp e Jack O'Haloran) aparecem apenas no começo, sendo detidos e enviados a prisão na chamada "Zona Fantasma". 




Na sequencia, eles escapam e juntam forças ao vilão Lex Luthor para combaterem o herói Superman, cujo pai os havia sentenciado a prisão eterna. 



Ursa dá bastante trabalho para o Homem de Aço, e Sarah Douglas tornou-se uma atriz cult entre os admiradores do cinema fantástico, ficção e história em quadrinhos...



Sarah foi Pamela em duas partes da mini-série "V: The Final Battle" (V: A Batalha Final, 1984)...



...e do futuro, ela foi ao passado para mais uma vilã memorável : Em "Conan the Destroyer" (Conan, o Destruidor, 1984) de Richard Fleischer ela é Taramis, a rainha má de Shadizar que planeja ressuscitar o terrível deus Dagoth, de quem ela é seguidora.



 Ela também é tia da Princesa Jehnna, que fica aos cuidados herói forçudo Conan (Arnold Schwarzenegger) e seus aliados Akiro (Mako) e Zula (Grace Jones).



Ela esteve nas aventuras de ficção científica "Solarbabies" (1986) de Alan Johnson e "Nightfall" (1988) de Paul Mayesberg...


...e viveu a Dr. Lana Zurrel, a bela assistente do vilão Dr. Arcane (Louis Jordan) em "The Return of the Swamp Thing" (A Volta do Monstro do Pântano, 1989) de Jim Wynorski.




Ela foi Gala, a musa do artista Salvador Dalí em "Dalí" (1991) do espanhol Antoni Ribas, e voltou aos filmes fantásticos com "Beastmaster 2" (O Portal do Tempo, 1991) de Sylvio Tabet , e "Puppetmaster III : Toulon's Revenge" (A Volta do Mestre dos Brinquedos, 1991) de David DeCoteau,
no papel de Elsa Toulon, a bela esposa do criador dos bonecos-vivos, que é morta pelos nazistas.



                                                                   Beastmaster 2


Sarah foi a maldosa Coronel Sinclair no ótimo "Return of the Living Dead 3" (A Volta dos Mortos Vivos 3, 1993) de Brian Yuzna, um clássico zombie-movie romântico e sangrento.



Seus créditos em filmes e séries de ficção e fantasia são muitos: a fantasia "Os Cavaleiros do Delta" (1993); o terror vagabundo "Mirror, Mirror 2 : Raven's Dance" (1994); a série de ficção "Babylon 5" (1994, aonde viveu a alienígena Jha'Dur); o ação e ficção "The Demolitionist" (1995) de Robert Kurtzman e o terror adolescente "Voodoo" (1995)...



                                                          Alien em Babylon 5




Na comédia de terror-musical "Monster Mash: The Movie"/" Frankenstein Sings" (1995) de Joel Cohen e Alec Socolow, ela voltou a ser uma vampira, agora a Condessa Natasha 'Nasty' Dracula...



Sarah Douglas não teve mais papéis impostantes, mas não parou de trabalhar, como nos filmes televisivos "To the End of Time" (1996); "The Stepford Husbands" (Os Maridos de Stepford, 1996); nos Trash-movies "Asylum" (1997) de James Seale e "Chained Heat 3: Hell Mountain" (Prisioneiras do Inferno, 1998); ou nas séries "Stargate -SG-1" (1998) e "Superman" (1999), série de animação, aonde dublou uma personagem em  homenagem a sua participação nos filmes do cinema.



                                             Rainha má em To the End of Time


Sua participação em Conan, o Destruidor", também lhe rendeu participações nas aventuras fantásticas medievais "Gryphon" (O Ataque do Gryphon, 2007), como a Rainha Cassandra de Delphi; e "Witchville" (2010), como a bruxa Rainha Vermelha...



                                                                      "Witchville"

Sua última atuação em um filme fantástico foi na comédia de horror "Strippers Vs. Werewolves" (2012) de Jonathan Glendening...mas a poderosa Ursa e/ou a eterna rainha má não descansa...




                                                                                                              by Coffin Souza



2 comentários:

  1. ótima homenagem a esta atriz Sarah Douglas ao qual gosto muito pois sempre assistia os filmes dela na TV não importando qual fosse e que esta há muito tempo fora das telas grande do cinema o que é uma pena ,coisas do nosso cinema atual ,que venham mais homenagens há outras ícones do cinema mundial,valeu Coffin Souza por mais esta homenagem. Um Abraço de Spektro 72

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...