segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Daliah Lavi :Uma Deusa Israelense no Cinema Europeu



 Daliah Lavi (Daliah Levenbuch) nasceu em Shavei Zion, Palestina ( em 12 de Outubro de 1942 ), de pais judeus da Alemanha e da Rússia.  Ela estudou ballet em Estocolmo, Suécia, onde ela apareceu em seu primeiro filme Hemsöborna (1955). Voltando a Israel, quando seu pai faleceu, ela abruptamente interrompeu sua carreira para servir ao exército israelense.



 No início dos anos 60, ela voltou a atuar e começou a figurar em destaque em uma série de produções italianas, alemãs, francesas e inglesas, aproveitando sua beleza e sua fluência em várias línguas.
Daliah alcançou o status de símbolo sexual via paródias de espionagem, thrillers eróticos, comédias, aventuras e filmes de terror.




Ela estrelou o Krimi "Im Stahlnetz des Dr. Mabuse" (Nas Garras do Dr. Mabuse, 1961) de Harald Reinl; aonde um comissário alemão (Gert Fröbe) e um agente do FBI (Lex Barker) enfrentam o gênio criminoso e assassino Dr. Mabuse (Wolfgang Preiss).




Em "La Frusta e il Corpo" (Drácula, o Vampiro do Sexo, 1962) de Mario Bava, ela foi Nevenka.



 Recém casada com Christian (Tony Kendall), ela reencontra o sádico irmão dele, Kurt (Christopher Lee), seu ex-amante. Kurt é assassinado provavelmente por vingança por um crime antigo.



 Enquanto todos são suspeitos, seu fantasma passa a assombrar e dar continuidade a sua relação sádica com a bela masoquista Navenka. Considerado com um "Bava menor", o filme é no entanto um pequeno clássico gótico




"Il Demonio"  (O Demônio, 1963) de Brunello Rondi é um filme de terror italiano esquecido, com excelente desempenho central da Dalilah Lavi.



Daliah vive Purificazione, uma jovem que, depois de ter suas investidas amorosas rejeitadas por um jovem, resolve apelar para a bruxaria para para tentar conquistá-lo. Quando os habitantes de sua pequena cidade percebem o que ela está fazendo, ela é acusada de ser uma bruxa e estar possuída pelo demônio. 



Um ritual de exorcismo é então iniciado na igreja local, com um clímax trágico e inesquecível.




A cena de sua caminhada como uma aranha através do chão da igreja, certamente foi uma das inspirações de William Peter Blatty, em "O Exorcista".



 Daliah foi a linda índia americana Paloma no Euro-Western "A Batalha Final dos Apaches" (1964) de Hugo Fregonese com seu antigo parceiro Lex Barker ( e mostrou sua nudez brevemente em uma cena de banho em uma cachoeira); e esteve na ótima aventura dramática  "Lord Jim" (1965), com Peter O'Toole e James Mason.






Ela foi uma das dez pessoas convidadas em um castelo isolado e que são vítimas de um assassino misterioso em "Ten Little Indians" (E Não Sobrou Nenhum, 1965) de George Pollock, baseado no clássico de Agatha Christie "O Caso dos Dez Negrinhos" (Ten Little Niggers, 1939).



Daliah foi Tina, parceira do super-espião Matt Helm (Dean Martin) em "The Silencers" (O Agente Secreto Matt Helm, 1966) de Phil Karson; começando sua associação com aventuras de espionagem e humor ao estilo James Bond.




Em " O Espião do Nariz Frio" (1966), de Daniel Petrie, ela foi a perigosa Princesa russa Natasha Romanova... uma aventura satírica sobre um cachorro espião!




Ela foi "The Detainer", um dos muitos agentes 007 falsos de "Cassino Royale" (1967).




 Ao lado das também belas Ursula Andress, Deborah Kerr, Joanna Pettet, ela se destaca com seu figurino típico dos psicodélicos anos 60: Mini-saia justa, botas de couro altas e um "capacete" de cabelo armado. E sua beleza e sensualidade são expostas na cena em que é interrogada nua pelo maluco Dr.Noah/Jimmy Bond (Woody Allen)...





Ela teve o papel principal feminino na comédia de aventura maluca "Jules Verne's Rocket to the Moon" (Aqueles Fantásticos Loucos Voadores, 1967) de Don Sharp, com Terry-Thomas, Burl Ives, Dennis Price e Gert Fröbe ( o comissário Lohmann da série Dr. Mabuse e o vilão Goldfinger de 007...).




"Some Girls Do" (1969) de Ralph Thomas, foi outra comédia de ação/espionagem e ficção estrelada pela deusa morena.
Um agente secreto (Richard Johnson) combate um vilão e seu exército de belas mulheres androides. No mesmo filme a presença de Virginia North (a Vulnavia do Abominável Dr. Phibes) e Yutte Stensgaard (Luxúria de Vampiros da Hammer)... 






Seu último papel no cinema foi a da mexicana Rosita, no western cômico "Catlow" ( No Rastro da Morte, 1971) de Sam Wanamaker, com Yull Brynner, Richard Crenna e Leonard (Mr.Spock) Nimoy...




Com o declínio de sua carreira no cinema, Lavi investiu na carreira musical, lançando diversos discos aonde interpretava canções em alemão e em hebraico, fazendo bastante sucesso na Alemanha, até se retirar dos palcos em 2008...












                                                                                                           By Coffin Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...