quarta-feira, 30 de julho de 2014

Killing: Sexo, Violência & Sadismo




"KILLING" é uma série de  fotonovelas italianas publicadas entre 1966 e 1969 e inspiradas no personagem de quadrinhos chamado Kriminal . Foi criado pelo editor Pietro Graneli para a editora italiana Ponzoni, mas publicado em várias partes do mundo como: França (chamado lá de Satanik); Argentina (Kiling, com um "l" só) e EUA (Sadistik).
O personagem seria copiado pelo prolífico cinema trash da Turquia em diversos filmes do final dos anos 60. O Killing turco é chamado...Killink!



O Killing original das fotonovelas italianas...


                                                      ...e o "clone" do cinema turco.
Killing (o ator e modelo Aldo Agliata) é apresentado como um assassino amoral que usa todos os meios para atingir os seus fins malignos. Violência e erotismo tomam conta de todas as - chamadas na época - "foto-aventuras". 
Nas histórias sádicas apareciam outros personagens fixos: 
Dana (Luciana Paoli), a linda namorada do protagonista e o inspetor Mercier (Dario Michaelis), inimigo implacável de Killing.
No Brasil foi publicado nos anos 70 pela RGE - Rio Gráfica Editora, e nos anos 80  pela Editora Mundo Latino. É desta última que reproduzimos uma aventura completa, graças ao blog: http://asfotonovelas.blogspot.com.br/
















































                                                                                                                by Coffin Souza

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Camille Keaton : Ela Cuspiu em Nossos Túmulos!




Já falamos seu nome várias vezes aqui no SHE DEMONS, portanto agora é hora de falarmos sobre ela: Camille Keaton...

Nascida em Julho de 1947 no Arkansas, USA, parente distante do grande ator/comediante americano Buster Keaton , e não sua neta como normalmente divulgado. Em 1969 a bonita garota sofreu um grave acidente de carro que a deixou com cicatrizes no rosto, o que quase atrapalhou seu desejo de ser atriz. Camille trabalhou como recepcionista de uma empresa de transportes e fez alguns trabalhos como modelo de publicidade. 
Ao tentar a sorte na Itália, apareceu nua no poster central da revista Playmen... 



...e conseguiu seu primeiro papel no cinema em "Cosa Avete Fatto a Solange?" ( O Que Vocês Fizeram com Solange?1971) de Massimo Dallamano, baseado em uma novela de Edgar Wallace.



Garotas são assassinadas por um assassino misterioso e um professor safado (Fabio Testi) é a principal testemunha, já que elas eram suas alunas.




 O criminoso é na verdade o pai da jovem Solange (Camille Keaton), que após uma traumática operação de aborto, fiou em estado semi- vegetativo. As mortes envolvem as colegas da moça, que seu pai perturbado considera promíscuas.



Ótima mistura de Giallo e Krimini, com fotografia (e participação especial como um policial) de Joe D'Amato e música de Ennio Morricone. Apesar do papel-título, a participação de Camille é pequena e foi bastante criticada. Mas ela se sai bem em seu primeiro papel, com uma personagem fragilizada.



Ela foi a atriz principal de "Estratto Dagli Arhivi Secreti della Polizia di una Capitale Europea" (Tragic Ceremony, 1972) de Riccardo Freda. Uma mistura de Giallo e filme de terror gótico,co-produção Itália/Espanha.



Camille é Jane, que junto com 3 amigos buscam gasolina para  seu carro e chegam a uma mansão ocupada por Lord e Lady Alexander (Luigi Pistilli e Luciana Paluzzi).



Precisam pernoitar lá por causa de uma tempestade, e logo descobrem que são vítimas de um grupo de satanistas. Muito suspense, gore e cenas de nudez com Camille...



 "Il Sesso della Strega" (1973) de Angelo Pannacciò, tenta fazer a mesma combinação de gêneros do filme anterior, acrescentando também doses de sexploitation. Herdeiros vão a uma antiga mansão para a leitura do testamento e são assassinados um a um por um estranho, por conta de uma maldição da família.



Camille é Ann, que tem um destino bizarro - o assassino corta seu peito com uma faca e suga um pouco de seu sangue, o que de alguma forma, resulta em sua queda em um estado catatônico para o resto do filme (praticamente o mesmo estado catatônico que ela  representou no seu primeiro filme...).









Ela novamente teria o papel título em "Madeleine, Anatomia di un Incubo" (1974) de Roberto Mauri. Ela é uma jovem mulher atormentada por pesadelos sobre morte e que se relaciona com vários homens. Eventualmente seus delírios e a realidade se confundem... assim como passado e o presente...



Um pretensioso e  confuso suspense psicológico com boas idéias desperdiçadas mas com a beleza e nudez de Camille e da futura musa Paola Senatore...


Então veio o filme pelo qual Camille é sempre lembrada: "Day of the Woman"/"I Spit on Your Grave" (A Vingança de Jennifer, 1978) de Meir Zarchi. Um clássico Grindhouse de "estupro-e-vingança"como vimos aqui em RAPE & REVENGE: O DIA DA VÍTIMA...







" This woman has just cut, chopped, broken and burned four men beyond recognition... but no jury in America would ever convict her! I SPIT ON YOUR GRAVE ... an act of revenge" (Frase publicitária do relançamento em 1983)



A cicatriz exibida no lado esquerdo do rosto de Jennifer (Camille Keaton) nas cenas pós-estupro é real, resultado do acidente de automóvel na juventude da atriz. Nessas cenas, a cicatriz foi exagerada, e na abertura e cenas finais, foi escondida sob uma fina camada de maquiagem especial.



Camille se casou com o diretor Meir Zarchi, e só voltou as telas depois da separação com  uma ponta no trash "Raw Force" (Força Cruel, 1982) de Edward D. Murphy. Uma divertida tranqueira que mistura artes marciais, escravas brancas, monges canibais, zumbis e gore. A participação de Camille foi para aproveitar seu nome, agora reconhecido e claro tirar sua roupa novamente...





Ela reprisaria seu papel de vítima de estupro no W.I.P. "The Concrete Jungle" (Confidências de uma Prisioneira Americana, 1982) de Tom DeSimone, com Jill St. John no papel da carcereira sádica de uma prisão feminina na California.




 Longe de ser uma má atriz, Camille Keaton é uma presença hipnótica. Ela não era apenas uma beleza deslumbrante, mas tinha um rosto incrível que conseguia alternar inocência e sedução sinistra... Mas principalmente por seu papel mais famoso (em um filme muito polêmico), ela ficou marcada em papeis similares em produções cada vez mais baratas.

Fez outra participação especial no drama -violento e vagabundo "No Justice" (1989), com Cameron Mitchell (que também estava em Raw Force) e voltaria no papel de uma mulher-estuprada-vingativa chamada Jennifer (!) em "Savage Vengeance" (1993) de Donald Farmer, também conhecido como "I Spit on Your Grave 2"  ou "I Will Dance on Your Grave"(!!). 
















Escrito e dirigido por um dos piores diretores da história do cinema exploitation dos anos 90, a produção vagabunda apenas acrescenta gore (muito mal feito) na trama, que seria uma continuação não-oficial do original. Camille brigou com a produção e abandonou as gravações antes de seu término, assim o filme tem um final em aberto...



Ela fez uma ponta na comédia "Holy Hollywood" (1999) de...Terry Zarchi (filho de seu ex-marido e diretor...), e a refilmagem de "I Spit on Your Grave" ( Doce Vingança, 2010), trouxe o nome de Camille novamente à tona e um retomada de sua carreira como atriz.
Ela estrelou o terror-gore rodado em vídeo "Sella Turcica" (2010) de Fred Vogel , apareceu na comédia de humor negro "Chop" (2011) de Trent Haag...




                       Camille é a mãe do soldado"morto-vivo" em Sella Turcica



... esteve junto com as musas do terror Barbara Steele, Adrienne King e Heather Langenkemp no thriller "The Butterfly Room" ( O Segredo da Borboleta, 2012) e foi uma das inúmeras participações especiais em "The Lords of Salem" (2012) de Rob Zombie...



                           Camille Keaton é atacada por Barbara Steele em Butterfly Room

Camille Keaton está em pelo menos quatro filmes novos (ainda inéditos) de terror e fantasia e tem participado de festivais e convenções de cinema fantástico e underground...



                                                                                                         by Coffin Souza
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...