terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Victoria Vetri: Sensualidade & Beleza Selvagem no Cinema Fantástico





Nascida Victoria Cecilia Vetry em 26 de setembro de 1944 em San Francisco, California (USA), de pais italianos, ela cresceu e estudou artes em Los Angeles.
Victoria estreou no cinema no pequeno papel de "Ixzubin", amiga e confidente da princesa Maia "Ixchel" (Shirley Anne Field) na aventura histórica "Kings of the Sun" (Os Reis do Sol, 1963) de J.Lee Thompson, com Yul Brynner...




Sua beleza e sensualidade a levaram a pequenos papeis em séries de TV, como "Hawaiian Eye" (1962), "Cheyenne"(1962), "Caravana" (1964), "Bonanza" (1964), "Perry Mason" (1965), "O Agente da U.N.C.L.E" (1966) ou "Guerra Sombra e Água Fresca" (1967)...assinando com seu outro nome artístico Angela Dorian, e quase sempre em papéis "exóticos" como o de indígena americana ou mexicana...







"Angela Dorian" posou para a revista Playboy em setembro de 1967 e no ano seguinte foi eleita a Coelhinha do Ano, tornando-se uma das Playmates mais populares da época.












Suas participações em produções fantásticas começaram com a série "Batman" (1966-1968) com Adam West e Burt Ward. 



No episódio "I'll Be a Mummy's Uncle" ( "Uma Múmia Deste Mundo", ep.23 da terceira temporada em 1968) ela viveu a dançarina "Florence da Arábia", da corte do simpático e afetado vilão Rei Tut (Victor Buono)...






Ela foi Isis, a gata (literalmente) alienígena em sua forma humana no episódio "Assignment: Earth" (1968) na série "Star Trek" (Jornada nas Estrelas)....




Vetri apareceu brevemente em "Rosemary's Baby" (O Bebê de Rosemary, 1968) de Roman Polanski; creditada como Angela Dorian.


 Em uma cena, Rosemary (Mia Farrow) comenta que sua personagem, Teresa "Terry" Gionoffrio,  é "parecida com a atriz Victoria Vetri"... 


Terry é a garota viciada que comete suicídio e dá início aos estranhos acontecimentos num edifício gótico de Manhattan...


Victoria Vetri ainda apareceria em episódios das séries "Terra de Gigantes" (Episódio "Os Marionetes", 1970); "Daniel Boone" e "Missão Impossível", antes de seu primeiro papel principal, no pequeno clássico da Hammer Films, "When Dinosaurs Ruled the Earth" (Quando os Dinossauros Dominavam a Terra, 1970) de Val Guest.


Na pré-história, Victoria é "Sanna", uma garota loura da Tribo da Pedra, que escapa de um sacrifício ritual para o deus sol...






Ela é resgatada por Tara (Robin Hawdon), um guerreiro da Tribo da Areia, e eles se apaixonam...



A terra passa por catástrofes naturais e Sanna faz amizade com um dinossauro que a adota como um bebê da família... 





Spielberg fez uma homenagem a esse filme no final de "Jurassic Park" (1993) quando o T. Rex mata os Raptors e arranca uma faixa do teto onde se lê: "When The Dinousarus Ruled The Earth"...




Uma divertida aventura fantástica, parte da série de filmes da Hammer com "Garotas das Cavernas" (iniciada em 1966 com "One Million Years B.C."/"Mil Séculos Antes de Cristo", com Raquel Welch). Excelentes efeitos especiais de animação de Jim Danforth (indicado ao Oscar da categoria), mas toda a publicidade da época foi feita em cima das cenas de nudez de Victoria, que relutou muito em pintar seus cabelos de louro...  




Um dos filmes mais influentes do gênero "mulheres Pré-históricas" e ao ser lançado na Itália como "Quando I Dinosauri Si Mordevano la Coda" inspirou uma série de comédias populares, como "Quando as Mulheres Tinham Rabo"(1970 )...



Victoria voltaria a aparecer nua nas telas na comédia erótica "Group Marriage" (1973) de Stephanie Rothman, junto de outra Playmate e deusa-cult, Claudia Jennings...




...e na aventura de ficção e terror-trash "Invasion of the Bee Girls" (Invasão das Mulheres Abelhas, 1973) de Denis Sanders...





...sobre os experimentos de uma cientista louca (Anitra Ford), que produz um grupo de mulheres-abelhas mutantes, que matam seus amantes através do sexo...






Ela ainda faria mais uma participação na TV em 1975 e depois se afastaria da vida artística, mas, ainda reapareceria em noticiários por motivos trágicos: Em 1980 ela foi  brutalmente atacada em sua casa em Hollywood, sendo internada com o nariz e algumas costelas quebradas. Os atacantes nunca foram encontrados. 
Em 1985 ela se casaria pela quarta vez, agora com Bruce Rathgeb, e o matrimônio pareceria perfeito por muitos anos. Em 2010 ela foi acusada de tentativa de homicídio por supostamente ter dado um tiro em seu marido dentro do apartamento deles, após uma discussão. Victoria foi julgada, apelou, foi tentada uma redução da acusação, mas em 2011 ela foi condenada a nove anos de reclusão em um presídio estadual...


Tory (como ela gosta de ser chamada) foi uma das entrevistadas do livro "Eroticism in the Fantasy Cinema" (1983) de Bill George... 













Um comentário:

  1. Essas musas que esculpem o seus lindos corpos na tela grande sempre tem alguma tragedia envolvendo elas ,por que será ? é uma pergunta dificil de ser respondida ,atração sexual,desejo e beleza poderiam ser umas das respostas ,mas para mim é uma pergunta realmente misteriosa de ser respondida, eu tenho somente dois filmes dela, fora as duas participações destas series mencionadas " Batman" comprei recentemente e "Jornada nas Estrelas " .novamente uma bela resenha de uma bela mulher com muitas fotos sensuais como sempre pelo o nosso mestre do cinema underground Coffin Souza nos presenteia hoje,um abraço de Spektro 72

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...