sexta-feira, 24 de março de 2017

Rossana Yanni : Uma Linda Argentina no Mundo do Terror

Rossana Yanni (ou Rosanna Yanni) nasceu Marta Susana Yanni Paxot, em 28 de fevereiro de 1938 em Buenos Aires, Argentina.




A linda garota gostava de dançar e atuar, e assim se tornou corista em espetáculos de Revista portenhos. Mas ele ambicionava uma carreira internacional, e no começo dos anos 60 mudou-se para a Europa. 



Rossana trabalhou como modelo na Itália durante dois anos, se instalando então em Madri, Espanha. Logo a loura argentina conseguiu um papel secundário no filme "Sol de Verano" (1963) de Juan Bosh, e algumas pontas em comédias inexpressivas.
Finalmente ela chegou ao cinema de gênero com um pequeno, mas marcante e sensual papel no clássico terror espanhol "La Marca del Hombre Lobo" (1968) de Enrique López Eguiluz...



Rosanna vive a cigana Nascha, que junto com su companheiro, buscam refugio em um velho castelo, e ao roubarem uma cruz de prata de um cadáver, acabam revivendo um nobre que se transforma em lobisomem...





...o monstro faz várias vítimas e fere o bravo Conde Waldemar Daninsky (Paul Naschy/Jacinto Molina - roteirista, ator e futuro grande astro do terror na Espanha), que também se transforma e passa a lutar para encontrar uma cura para a maldição. Início da longa série de (12) filmes com o personagem  do Hombre Lobo-Daninsky, que iria até 2004 com o trash "Tomb of the Werewolf". 



Rosanna aparecu em westerns, filmes de guerra e comédias...




...chamando a atenção do rei do exploitation espanhol Jesús Franco, que a escalou para um dos papéis principais de "Rote Lippen, Sadisterotica"/ "El Caso de las Dos Bellezas" (1968)...









Diana (Janine Reynaud) e Regina (Rossana Yanny) são a agência de detetives “Lábios Vermelhos”. 



Elas são contratadas para desvendar os estranhos desaparecimentos de dançarinas de boates e modelos.




 A única conexão entre os casos, são estranhos arranhões encontrados nas cenas dos crimes. O suspeito principal é um artista plástico que se dedica a pintar mulheres mortas ou torturadas, e que tem como assistente o  monstruoso Morpho (Michael Lemoine)…





O divertido filme apresenta a essência do trabalho de Franco: Aventura, suspense, humor, horror, erotismo e largas doses de ironia. Tudo misturado com ideias malucas e visual pop-art típico dos anos 60.

A bela dupla de detetives voltaria em "Bésame, Monstruo" (1968) de Jesús Franco...




...agora elas se envolvem com a busca de vários grupos criminosos pelos valiosos segredos de um cientista falecido.




As garotas enfrentam vários perigos, como um grupo de perigosas feministas-lésbicas e um bando de halterofilistas encapuzados, que na realidade são o resultado de experimentos errados do cientista: mutantes-monstruosos (!?!)...



Mais maluquices do titio Franco, aqui com elementos de ficção científica misturados. As duas aventuras das detetives foram realizadas ao mesmo tempo e com a mesma equipe e elenco.   



De volta ao território dos monstros clássicos, ela esteve em "Malenka, La Sobrina del Vampiro" (1969) de Amando de Ossorio...




A virginal Sylvia, herda um castelo e um título de nobreza, e viaja sozinha para conhecer sua propriedade. Ao chegar no local encontra seu tio, o Conde Walbrooke (Júlian Ugarte, o vampiro de "La Marca del Hombre Lobo") e duas belas e estranhas jovens (Rossana Yanni e Diana Lorys)...







...fatos estranhos a fazem acreditar que todos são vampiros, e seu tio tenta convence-la de que ela é a reencarnação de Malenka, uma bruxa queimada na fogueira!




No final tudo se reve-la como um golpe para roubar sua herança...ou...não...




Primeiro filme  de terror do diretor Ossorio, que mais tarde ficaria famoso com sua série com mortos-vivos-cegos Templários.

Rossana este muito ocupada nos anos 1970-1972, atuando em comédias, giallos, dramas e westerns, na Espanha e na Itália...




Ela voltaria ao terror em uma dupla de filmes cultuados com o astro Paul Naschy:
"El Gran Amor del Conde Dracula" (1973) de Javier Aguirre...



Quatro belas mulheres e um homem viajam em uma carruagem pelos Montes Cárpatos, na Transilvânia. Um bizarro acidente mata o cocheiro, e eles acabam pedindo ajuda em um sanatório próximo. São acolhidos pelo simpático Dr. Marlowe (Paul Naschy), que lhes dá casa, comida e...mordidas!







Marlowe, é claro, é o Conde Drácula! Um por um eles vão sendo transformados em vampiros...



Diálogo do filme, certamente para explicar o Drácula baixinho e "reforçado" de Naschy:

"Elke (Mirta Miller): No sé qué ves en ese hombre...

Senta (Rosanna Yanni): No veo nada, simplemente, me gusta

Más tarde:

Elke: No sé qué habéis visto en ese hombre...

Senta: Tiene algo misterioso que me atrae

En otro momento:

Karen: (Haydée Politoff) Pues a mí me gustan más altos y delgados!

Senta: Quita, quita. A mí me gustan fuertes. ¿Has visto qué espaldas tiene?"








 Rossana é Senta, que depois de seduzida e transformada, assume o posto de líder das vampirinhas...




...mas Drácula guarda a virginal Karen (Kaydee Politoff) para um ritual aonde ela deve voluntariamente querer se juntar a ele como sua noiva imortal...



Rossana teve um papel ainda mais sexy em "El Jorobado de la Morgue" (1973) de Javier Aguirre...



Paul Naschy vive Gotho, um pobre corcunda que trabalha no necrotério de um hospital.  Ele é secretamente apaixonado por Ilse (Maria Elena Arpón), uma garota doente, que é a única pessoa que é gentil com ele.  Todos os dias ele leva flores para ela...até que ela falece. ele traz suas flores até o dia em que ela morre. O Corcunda se encontra com o Dr. Orla (Alberto Dalbes), um cientista louco que promete re-animar o corpo da menina se ele lhe trouxer partes de corpos frescos do cemitério e vítimas vivas. Os corpos são usados para alimentar uma forma de vida artificial criada em laboratório...




Gotho encontra conforto e carinho nos braços da Doutora Elke (Rossana Yanni), uma bela cientista com uma atração fetichista pelo corcunda, mas que acaba realmente se apaixonando por ele...





 Rodado em 40 dias, logo depois de "El Gran Amor del Conde Dracula", este é certamente um dos melhores papéis de Jacinto "Paul Naschy"Molina (ele ganhou um prêmio por esta atuação na "Convention du Cinéma Fantastique" de Paris, em 1973 )...

Rossana ganhou um papel em uma co-produção internacional (Espanha,Itália e França) de um diretor britânico : "Le Guerriere dal Seno Nudo"/ "Las Amazonas"/"War Goddess" (A Guerra das Fêmeas, 1973) de Terence Young...




Uma aventura histórica estilo "Peplum", sobre a guerra de poder em uma tribo de lindas Amazonas "pré-históricas"...


Rossana vive Penthesilea,  neste filme nada sério (misturando épocas, com as Amazonas de 3000 A.C. enfrentando soldados gregos e romanos) e com bastante nudez...


...e paticipações de outras deusas como Alena Johnston (como Antiope ) e Helga Liné (a sacerdotisa)...





Casada com o assistente de direção e editor Johnny Dwyre, Rossana teve sua filha Sharon em setembro de 1973, diminuindo bastante sua partcipaçãoes no mundo artístico...



Rossana Yanni participou  ainda de uma série de TV, fez mais comédias, e dramas, e em 1979, foi chamada para um papel em um filme erótico escrito e dirigido por Jacinto Molina (Paul Naschy) : "Madrid al Desnudo"... 




Rossana Yanni se retirou das telas em 1980, depois de participar de um filme infeliz "Despido Improcedente" ( de Joaquin Luis Romero Marchent), que tentava aproveitar uma peça teatral de sucesso e sua dupla de comediantes. O fato é que o filme foi um fracasso artístico e de bilheteria, assinando assim a despedida de Rossana Yanni.

Felizmente para os telespectadores, dezessete anos depois, em 1997, a bela Argentina , que muito jovem tinha desembarcado na Espanha, e por mais de três décadas embelezara as telas, decidiu quebrar sua aposentadoria e voltou a atuar em "Al Límite" (1997) de Eduardo Campoy...


...um thriller com participações da bela Béatrice Dalle e de Bud Spencer...


....dedicando-se depois a participações esporádicas em séries e filmes da TV ( a última em 2002). De qualquer forma, sempre que você decidir voltar, você sabe que nós estaremos contentes em vê-la, Rossana.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...