sábado, 22 de abril de 2017

Uma Arte chamada...BENÍCIO !



Aos 80 anos, José Luiz Benício da Fonseca é um senhor simpático e atencioso, que mora em um confortável apartamento no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. Ele sofreu um segundo acidente vascular cerebral em 2014 ( seis anos depois do primeiro ) e tem dificuldades com o lado direito do corpo. "Parei tudo, não sei fazer nada com a mão esquerda" (comenta em uma entrevista para a Folha de São Paulo em Dezembro de 2016). "Muito a contragosto tive que parar de desenhar. Sinto muito a falta", completa. "Sonho todos os dias que estou desenhando, fazendo detalhes da ilustração, como se estivesse no meu estúdio"...  




José Luiz foi um menino precoce, que já  desenhava maravilhosamente bem aos 5 anos de idade, e que aos 16 se tornou pianista profissional, contratado da Rádio Gaúcha , de Porto Alegre, RS. Quando foi visitar seu irmão no Rio de Janeiro em 1952, decidiu ficar para estudar piano. Acabou se tornando o maior artista gráfico brasileiro de todos os tempos. Em mais de 60 anos de carreira, fez mais de 300 cartazes de cinema; criou cerca de 2.000 capas de livros e discos; ilustrou campanhas publicitárias para empresas e políticos; assinou capas para as revistas Cinderela, Radiolândia, Querida,  Xodó, Veja, Playboy, EleEla, Status...Criou a ilustração original do  famoso pirata do rum Montilla;



... ilustrou para o Rock in Rio, Rede Globo, VARIG, Coca-Cola, Brastemp e muito mais...
Mas a grande fama deste gaúcho de Rio Pardo, é ser o Mestre Brasileiro das Pin-Ups= Mulheres lindas & Gostosas, que ele soube retratar melhor que qualquer um!






Já publicamos um belo perfil do artista em : 

https://shedemonszine.blogspot.com.br/2013/06/benicio-um-mestre-das-pin-ups-e-dos.html?zx=c97faa18e4a64894; 

...escrito pela musa Gisele Ferran; mas depois de ler " E Benício Criou A Mulher" de Gonçalo Júnior (Opera Graphica Editora; um livro luxuoso, muito interessante, mas com muitos problemas de revisão...), resolvi voltar ao tema e ao grande artista. 


  
O livro encerra com a frase: "Ele passou a vida a correr o lápis e o pincel sobre milhares de páginas de papel e, ao invés de usar a régua, deslizou seu traço ao serviço que o levou à perfeição da beleza de um corpo feminino. De joelhos os homens brasileiros agradecem. E as artes gráficas brasileiras também."





Portanto, vamos ver e saber um pouco mais desta arte chamada BENÍCIO...








"Talvez, o cartaz da "Super Fêmea" (comédia erótica estrelada por Vera Fischer, em 1973) seja o mais conhecido de todos. Mas, o mais visto e comentado foi o da "Dona Flor e Seus Dois Maridos", comenta. Desde o início da carreira, Benicio elegeu o guache com a técnica predominante para sua obra. O que o atrai no método é a facilidade e a maleabilidade no uso da tinta, além da rapidez de secagem. “O óleo, por exemplo, é uma técnica que demora muito para secar. Eu me habituei com o guache, desenvolvi uma técnica rápida na qual me saí bem e dali eu não saí mais”, explica.






























E Benício segue: “A figura humana é o que realmente me encanta. A mulher é a base principal do meu trabalho. Eu me especializei nisso. Posso dizer que minhas mulheres sempre foram muito bonitas”, brinca. Na época pré-digital, segundo ele, o talento para desenhar as musas tinha ainda mais importância, tanto para o cliente, como para as retratadas. “Eu era o Photoshop da época, eu mesmo que corrigia as imperfeições” (risos).












A editora Reference Press já lançou 2 volumes da série "Sex & Crime : The Book Cover Art of Benicio", que traz uma seleção de criações de Benício para os livros de bolso da editora Monterrey (um recorde, ele fez mais de 500 capas, só para a série assinada por Lou Carrigan!!! )...



...para a Revista Playboy, e peças publicitárias... 






Sempre humilde, mas sabendo do alcance de seu trabalho, José Luiz admite a influência de mestres da ilustração como Norman Rockwell, Luiz Gut, Varló Ribeiro, Austin Briggs, Flávio Colin, Noguchi, entre outros: “O que me encantava neles era a forma de trabalharem com a figura humana. Meu trabalho sempre foi ligado ao desenho da figura humana”, diz.
 
 Mas, devido ao seu perfeccionismo, dedicação, paciência e profissionalismo, sua arte é única...Uma arte chamada BENICIO!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...