domingo, 18 de fevereiro de 2018

Jennifer Connelly- Um Labirinto de Beleza & Talento

"Prodígio de pele alva e lábios mimosos, pura quimera masculina captada em celuloide...Eterno bombom adolescente..." 
Antonio Trashorras em seu livro seminal "Ellas Son Fantásticas" (1997) se desmancha em elogios para esta muito bela e talentosa atriz e modelo...

 Sobrancelhas escuras e grossas, cabelos escuros e expressivos olhos verdes. Voz profunda e sensual. Corpão....E talento, premiado! 


Jennifer Connelly nasceu em 12 de dezembro de 1970, nas montanhas Catskill, Nova York. Filha de Ilene, uma negociante de antiguidades, e Gerard Connelly, um fabricante de roupas. Seu pai tinha ascendência irlandesa e norueguesa, e sua mãe era de uma família de imigrantes judeus. Jennifer cresceu em Brooklyn Heights, em frente à Ponte do Brooklyn de Manhattan. Um amigo íntimo da família era um executivo de publicidade. Quando Jennifer tinha dez anos, ele sugeriu que seus pais a levassem a um teste para modelos. 




Ela começou a aparecer em anúncios de jornais e revistas (entre elas a revista "Seventeen") e logo passou a aparecer em comerciais de televisão. Um diretor de elenco apresentou-a ao diretor italiano Sergio Leone, que estava procurando uma jovem para dançar e atuar em seu épico "Era Uma Vez na América" (1984). 



Embora tenha pouco tempo em cena, os minutos em que ela aparece na tela foram suficientes para revelar seu talento- E Jennifer tinha apenas 12 anos quando rodou o filme (em 1982)! 




Seu próximo papel, depois disso, foi em " Stranger in Town", episódio da série de  terror da TV britânica "Tales of the Unexpected" (1979) em 1984.

O maestro do terror italiano Dario Argento, se impressionou com sua beleza jovem ar inocente, e a escalou para desempenhar seu primeiro papel principal em seu thriller sobrenatural "Phenomena"(1985). 




Jennifer Connely vive Jennifer Corvino , uma jovem americana filha de um ator famoso. Ela descobre que possui uma dupla personalidade através do seu problema de sonambulismo.



 Jennifer é mandada para um colégio interno feminino na Suíça e começa a aprender a controlar as habilidades que possui, incluindo se comunicar com insetos!(?)!. No entanto, um assassino misterioso começa a matar as meninas do colégio, e Jennifer e um entomologista escocês paralítico (Donald Pleasence), procuram desvendar o mistério (com ajuda dos insetos) .






 Uma Jennifer Connelly, de 14 anos, brilha no papel principal : uma garotinha difícil, inteligente e excêntrica, uma das grandes heroínas de Argento. 




Ela merece um crédito especial por assumir algumas cenas realmente horríveis, como quando ela cai em um poço de larvas, limo e cadáveres apodrecidos. 




 Ao mesmo tempo, ela se lançou no mundo musical- Primeiro apareceu no video clip "I Drove All Night", uma música de Roy Orbison, co-estrelado por Jason Priestley. 




Depois Jennifer lançou no Japão um single chamado "Monologue of Love" (em meados da década de 1980), no qual ela canta em japonês uma pequena música com arranjo de instrumentos semi-clássicos (ela cantou em japonês fonético, mas seu agente divulgou que ela era semi-fluente na língua...ela é fluente em francês e italiano). No lado B existe uma "Mensagem do Amor", que é uma entrevista com a música em segundo plano. Ela também apareceu em comerciais de televisão no Japão.

Ela se matriculou na universidade de Stanford(California), aonde treinou teatro clássico e  improvisação, estudando com os atores Roy London, Howard Fine e Harold Guskin, e continuou a carreira de modelo ( que ela diz não gostar na época, por se sentir incomodada com as sessões de fotos).

 O sucesso chegou com "Labyrinth" ( Labirinto - A Magia do Tempo ,1986) de Jim Henson, produzido por George Lucas... Jennifer obteve o emprego depois de uma busca de talentos a nível nacional para liderar essa fantasia estrelada pelo cantor e ator David Bowie (também autor de várias músicas da trilha sonora)...



Ela vive a jovem Sarah Williams, apaixonada por teatro e fantasia. Ao cuidar de seu irmão mais novo, ela inadvertidamente chama Jareth, o Rei dos Goblins (Bowie), que aprisiona o menino em seu castelo...





Sarah tem 13 horas para atravessar um labirinto (cheio de enigmas e personagens fantásticos) e chegar aos domínios de Jareth, caso contrário, seu irmão será transformado em um goblin...




No caminho ela faz amizade com o monstruoso e inocente Ludo, e com o estranho cão falante chamado Didymus, e juntos vivem várias aventuras...




 Depois vieram dois  filmes menos vistos : "Étoile" (1989) de Peter del Monte , como uma bailarina obcecada pelo "Lago dos Cisnes " de Tchaikovsky; e em "Some Girls" (Essas Garotas,1988) , uma comédia romântica com toques de fantasia.



                                           "Étoile"

 Dennis Hopper, impressionado depois de ter visto ela em "Some Girls", lançou Jennifer como uma garota ingênua (mas muito sexy) de uma pequena cidade em seu " The Hot Spot" (Hot Spot - Um Local Muito Quente ,1990), com base na novela  policial de 1950 "Hell Hath No Fury" de Charles Williams.






Fazendo até então papéis de menina ingênua, Jennifer revela seu corpão em cenas de nudez e mostra que pode ser muito sensual...





 Com inspiração nos filmes noir, e com uma maravilhosa trilha sonora de Jazz & Blues,  Recebeu críticas mistas, mas não foi um sucesso na bilheteria.

"The Rocketeer" ( Rocketeer, 1991) de Joe Johnston , uma ambiciosa superprodução Touchstone, mostrou ao grande público uma Jennifer bem crescida (em todos os sentidos!). 



O filme era uma aventura retro (baseado em uma graphic novel de Dave Stevens) sobre um jovem piloto de testes (Bill Campbell) que é transformado em um herói capaz de voar (com foguetes nas costas) para combater o perigo nazista.  Os críticos viram em "Rocketeer" um filme de alta qualidade, uma homenagem a literatura Pulp, e aos velhos filmes de aventuras e seriados das décadas de 1930 & 1940 (como "Comando Cody" ou "King of the Rocket Man") .




Jennifer vive a namorada do herói, Jenny. Segundo o aclamado crítico Roger Ebert "Connelly é doce e sexy, e projeta a mesma sensualidade inocente transmitida nos clássicos B-Movies - a habilidade de parecer não estar percebendo que está arrasadora com seu vestido curto..."





 The Rocketeer tinha a intenção de torná-la uma estrela, mas não decolou, e Connelly continuou precisando de sua beleza bombástica para seu sustento. Ela trabalhou incansavelmente para abrir caminho para a respeitabilidade...


 Depois de "Rocketeer", Jennifer fez a comédia "Construindo uma Carreira" (1991): "O Coração da Justiça" ( TV, 1992); "De Amor e de Sombras"(1994), com Antonio Banderas; O drama "Círculo das Vaidades" (1996); O ótimo drama policial "O Preço da Traição" (1996)- sua primeira colaboração com Nick Nolte, e o romance "Círculo de Paixões" (1997).



 Em 1998, foi convidada para integrar o elenco cult de "Dark City"  (Cidade das Sombras ,1998) de Alax Proyas, um suspense de ficção científica estranho e visualmente deslumbrante.




 Neste filme, Jennifer interpretou Emma Murdoch a esposa do personagem principal (vivido por Rufus Sewell), em uma ótima performance, em meio a estrelas como William Hurt, Kiefer Sutherland, Ian Richardson e Richard O'Brien (The Rocky Horror Picture Show).








 O filme em si não quebrou nenhum recorde de bilheteria, mas recebeu críticas positivas e se tornou um cult aclamado.




 Isso levou Jennifer a um contrato com a Fox para a série de televisão "The $ treet" (2000-2001), e uma parte principal na memorável e dramática história de amor, "Amor Maior que a Vida" (2000), no papel da  rebelde e revolucionária Sarah Williams.  

 Em "Requiem for a Dream" (Réquiem Para um Sonho,2000) de Darren Aronofsky, Jennifer teve o papel mais corajoso e difícil de sua carreira- a artista Marion Silver, decadente e destruída pelo vício em heroína, e que se prostitui em troca da droga- uma performance que lhe valeu a nomeação no Spirit Award.




A cena de sexo mais deprimente (e pervertidamente excitante) no filme é quando a  personagem de Jennifer Connelly acaba participando de uma orgia, onde é submetida à um dildo-duplo-anal com outra mulher desesperada, enquanto os homens ricos e bêbados jogam dinheiro e gritam com elas. A maneira como Aronofsky  filmou e editou a cena cria a ilusão de que Connelly está realmente participando do ato sexual e, seu rosto suado e dolorido torna as coisas desconfortáveis...






 Ela seguiu esse papel com "Pollock "(2000), na qual ela interpretou a amante do artista, Ruth Klingman. Em 2001, foi escolhida para co-estrelar com Russell Crowe "Uma Mente Brilhante" (2001) de Ron Howard, a história verdadeira de John Nash (Crowe), um homem que sofria de doença mental, mas que enfrentou isto e ganhou um Prêmio Nobel em 1994. Jennifer interpretou Alicia, a esposa de Nash e ganhou um Globo de Ouro, BAFTA, AFI e o Oscar como Melhor Atriz Coadjuvante!!!.

E ela insiste que o Oscar não é a porta de entrada para o sucesso fácil como a maioria de nós imagina. "Muitas outras pessoas ganharam os Oscars também, e há muitas mulheres talentosas com minha idade, e que poderiam desempenhar os mesmos papéis que eu".

(Entrevista para o jornal The Guardian em set/2009)

Outro drama que ela estrelou foi o bastante comentado, "Casa de Areia e Névoa" (2003) do russo Vadim Perelman, com Ben Kingsley ...





 Connelly voltou ao cinema de gênero com "Hulk" (2003) de Ang Lee, baseado no célebre personagem dos quadrinhos da Marvel Comics...




 Foi sua segunda colaboração com Nick Nolte, aqui ele é David Banner, um geneticista maluco e pai (e inimigo) de Bruce Banner (Eric Bana), o jovem cientista que acaba se transformando no gigante verde conhecido como Hulk...




Jennifer é Betty Ross, pesquisadora, filha do durão e teimoso General Ross (Sam Elliott), e interesse romântico de Bruce e de seu alter ego furioso...
Apesar de viver uma personagem famosa nos quadrinhos, ela tem pouco a fazer em um drama sobre o conflito pai-e-filho-recheado-de-efeitos-digitais. Tudo bem, seu cachê foi apenas U$ 1.500.000... 








 "Dark Water" (Água Negra ,2005) do brasileiro Walter Salles, é uma adaptação americana de um filme japonês (baseado em um livro de Koji Suzuki) de Hideo Nakata...




Um drama de suspense sobre Dahlia (Jennifer) uma mulher recém separada, com dificuldades financeiras e brigando na justiça pela custódia de sua pequena filha...




 O velho apartamento para qual ela se mudou tem diversos problemas: Barulhos estranhos, vazamentos e goteiras constantes de uma nojenta água escura e uma presença que, pode ou não, ser sobrenatural...



Jennifer encarna muito bem a mãe perturbada, mergulhada em agonia e desespero, atuando com moderação, sem cair na pieguice... Walter Salles transforma o terror-psicológico do original em um drama sensível com toques de suspense...  

Depois de "Diamante de Sangue" (2006) com Leonardo DiCaprio, "Pecados Íntimos" (2006) com Kate Winslet, e  "Traídos pelo Destino" (2007) com Joaquin Phoenix, ela estrelou outra refilmagem: "The Day the Earth Stood Still" (
 O Dia em que a Terra Parou ,2008) de Scott Derickson...




Connelly é a cientista Dr.Helen Benson, que entra em contato direto com o enigmático alienígena Klaatu (Keanu Reeves) e seu robot gigante Gort...





...Uma "ofensa" ao clássico original de 1951, que foi dirigido por Robert Wise, com Michael Reenie e Patricia Neal nos papeis principais...




Jennifer Connelly teve um papel pequeno na fantasia "Inkhearth" (Coração de Tinta: O Livro Mágico, 2008, ) de Iain Softley, e depois brilhou como Emma, a esposa de Charles Darwin (Paul Bettany, seu marido na vida real ) em "Criação" (2009) de Jon Amiel...










 Em 2010 ela estrelou um drama de baixo orçamento "Virginia", no papel de uma mãe protetora, mas mentalmente perturbada, e aproveitou para diminuir seu ritmo e curtir sua família:  "Eu posso ficar um ano inteiro com meus filhos e meu marido. E isso é maravilhoso. Meu trabalho realmente me convém".

(The Guardian)

Ela continuou esbanjando talento e beleza em dramas, e então participou do blockbuster "Noah" ( Noé, 2014), onde fez sua segunda colaboração com Darren Aronofsky e Russell Crowe (e sua terceira colaboração com Nick Nolte nesse mesmo filme).




Uma versão turbinada da lenda do dilúvio universal e da Arca salvadora. Jennifer viveu Naameh, esposa de Noé (Crowe)...



Jennifer viveu uma moradora de rua no primeiro filme dirigido por seu marido: "SHelter" (Viver Sem Endereço, 2014) de Paul Bettany...
Para ajudar no orçamento da família, ela fez uma participação especial em "Spider-Man: Homecoming" (Homem-Aranha: De Volta ao Lar, 2017) de Jon Watts...






...e vai estar em "Alita:Battle Angel" (2018) de Robert Rodriguez, co-roteiro e produção de James Cameron, baseado no popular Mangá de ação e ficção de Yukito Kishiro...







 Jennifer Connelly gosta de atividades físicas como natação, ginástica, bicicleta, camping, e caminhadas. Gosta de desenhar e se interessa por Filosofia, Matemática e Física Quântica...
Em 2002 ela foi nomeada pela "People Magazine" como uma das 50 Pessoas Mais Bonitas do Mundo...Entre várias outras nomeações parecidas durante toda sua carreira...








. Fontes:

 http://www.imdb.com/name/nm0000124/bio?ref_=nm_ov_bio_sm

https://www.theguardian.com/film/2009/sep/17/jennifer-connelly

https://www.rogerebert.com/

Cosmopolitan Magazine

Ellas Son Fantásticas 

2 comentários:

  1. Grande postagem de hoje com uma grande atriz da década de 80 ,Jennifer Connelly que além de ser muito bonita é um atriz talentosa , que merecia mais destaques em grandes produções mas Hollywood sempre foi assim desperdiça os grande talentos colocando -os para segundo plano.. nem ela ganhando tal de Oscar abriu as portas para ela ,que se dane-se Hollywood o importante são os seus admiradores como eu que curtem o seu trabalho e sua beleza ,parabéns ! por mais essa postagem mestre do absoluto do cinema underground Coffin Souza ,um abraço desse vosso discípulo Spektro 72 /Anselmo Luiz.
    P.S -ela é aquele mulher que igual á vinho quanto mais velha fica mais linda e atraente fica ,Viva ,Jennifer Connelly !
    P.S 2 - O Jaden Smith no papel do filho dela no " O Dia em que á Terra Parou " era para ter morrido o moleque mala do cacete ...Grrr!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Anselmo/Spektro! Viva Jennifer! E Obrigado por acompanhar e participar ativamente do blog! Abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...