segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Nina Hartley : Eterna Musa Hardcore





Nina Hartley é uma das estrelas pornôs mais amadas e respeitadas de todas as eras, uma mulher bonita e franca que não tem medo de falar de si mesma e sobre a carreira escolhida. Ela é uma estrela que ama seu trabalho - e  sempre mostrou isso. Nina Hartley é uma loira natural com lindos olhos azuis, um belo corpo e uma das melhores bundas já vistas em um filme pornô. Seu sorriso contagiante e personalidade vivaz trazem um senso de diversão para cada papel sexual que ela assume. Quando a ação esquenta, Nina Hartley está bem ali, para esquentar cenas de todos os tipos. 







Marie Louise Hartman nasceu em Berkeley, Califórnia , em    Filha de um pai luterano e de uma mãe judia (ambos falecidos) do Alabama; ela é a mais nova de quatro filhos, com uma irmã e dois irmãos mais velhos. Seus pais eram comunistas que se converteram ao budismo quando ela era jovem. Depois de se formar na Berkeley High School em 1977, ela participou da Escola de Enfermagem de Graduação da Universidade Estadual de São Francisco.

Hartley viu "The Autobiography of a Flea" (1976 ) de Sharon McNight, o primeiro filme adulto dirigido por uma mulher, baseado em um romance inglês de 1887. Ela estava sozinha, em um cinema em San Francisco e decidiu que este seria o trabalho de sua vida: fazer pornografia.




Em 1982, durante o segundo ano da escola de enfermagem, ela começou a trabalhar como stripper no Cinema Sutter e depois no Teatro Mitchell Brothers O'Farrell . 







 Ela fez sua incursão no mundo dos filmes pornográficos durante seu primeiro ano em 1984. Sua performance de estréia foi em dois episódios do filme "Educating Nina" (1984) de/com Juliet Anderson, fazendo dela uma protegida de Miss Anderson ... 








 Nina foi uma enfermeira registrada pelo Conselho de Enfermagem da Califórnia até sua licença expirar em 1986. Ela disse que trocou a enfermagem pelo pornô, porque ficou cansada de ver pessoas sofrerem e morrerem... 



Explicando como Marie Louise Hartman se tornou Nina Hartley, ela declarou em uma entrevista que escolheu o nome "Nina" porque era fácil para os turistas japoneses dizerem durante o tempo em que ela era dançarina em São Francisco; "Hartley" foi escolhido por ser parecido com seu próprio sobrenome e porque "queria um nome que soasse como o de uma pessoa real". Ela afirmou que quando entrou no mundo pornô, ela foi abençoada com dois itens fetichistas populares: "grandes olhos azul-bebê e uma bunda redonda com uma cintura alta e pequena".



 Sua cobiçada bunda acabou se tornando sua marca registrada. 



Na década de 1980 e início dos anos 1990, ela estrelou várias séries de filmes como "Anal Annie" estrelada por ela, sua famosa bunda, e outras estrelas da época...




 ...ou "Debbie Does" , como "Debbie Duz Dishes" (1986), "Debbie Goes Hawaii" (1988) e "Debbie Does Wall Street" (1991) . 




Nina também esteve em diversas paródias hard core de filmes de terror e ficção como, "E.X." (Contatos Imediatos do Mais Íntimo Grau, 1986), "Friday the 13th: A Nude Beginning" (1987), ou "Night of the Living Debbies" (1989) de Henri Pachard, ou a série "Mummy Dearest" (1990)...






Comentar sua filmografia é um trabalho impossível, o IMDB lista 682 (!) filmes/vídeos com suas performances! Sua época de ouro foram os anos 80, aonde se tornou uma das estrelas pornôs mais conhecidas, tanto por sua beleza/performances, quanto por sua simpatia e talento para o humor!

Vamos destacar sua atuação/performance como Tabatha, a empregada erótica francesa no premiado "Ten Little Maidens" (1985) de John Seeman..









Nina Hartley recebeu o prêmio  da Adult Video News em 1987, por sua performance em "Ten Little Maidens"...




Por muitos anos, ela também excursionou pelos Estados Unidos e Canadá como stripper e fez aparições pessoais em sex shops. Uma assumida bissexual swinger em sua vida real, Nina Hartley adora sexo em todas as suas formas, e nomeia o sexo oral como sua atividade favorita na tela.






Membro de longa data da Woodhull Freedom Foundation ,  Hartley considera-se uma liberal e uma feminista franca e positiva , embora por um tempo ela tenha sido uma ativista socialista.  Dirigindo-se a outras mulheres, ela disse: "O sexo não é algo que os homens fazem com você. Não é algo que os homens fazem para você. Sexo é algo com o qual você mergulha e gosta tanto quanto ele "


Hartley tem sido um defensora do direito da indústria de filmes adultos de existir. Antes da ascensão ao estrelato de Jenna Jameson , ela costumava ser chamada quando os noticiários da televisão e programas de entrevistas exigiam uma atriz de cinema adulta e articulada para apoiar o lado profissional. Ona Zee e ela denunciaram fortemente as drogas ilegais na indústria XXX.

Ela lecionou em várias universidades, como Harvard , Berkeley , Dartmouth e na Universidade de Wisconsin-La Crosse (foto abaixo) . 




Hartley estelou a comédia/trash "Bubbles Galore" (1986) de Cynthia Roberts, e teve um papel no sucesso, "Boogie Nights" (Boogie Night: Prazer Sem Limites, 1997) de Paul Thomas Anderson , interpretando a esposa infiel de William H. Macy . Nina Hartley também apareceu no clipe do falecido rapper Tupac Shakur para seu single de 1996, " How Do U Want It ?"










Nina Hartley aparece no premiado documentário cômico "Sticky: A (Self) Love Story" (2006) de Nicholas Tana, no qual ela discute suas visões sexuais positivas sobre o amor próprio, com relação à educação, masturbação (tema do filme) e suas opiniões sobre o blackballing do comediante Paul Reubens após sua prisão por se masturbar em um teatro público.  Nina Hartley participou de uma estréia em Las Vegas do documentário no Erotic Heritage Museum em 26 de maio de 2016, no qual ela participou de um painel de perguntas e respostas com o escritor / produtor / diretor Tana e sua colega em filmes para adultos Ginger Lynn .




Em 2006, ela publicou seu primeiro livro, " Nina Hartley's Guide to Total Sex " (ivbro).  Mais tarde, ela foi co-autora da série de livros "How to be Kinkier", começando em 2012. 





Nina transou em filmes pornôs dos 25 aos 59 anos, mostrando em sua fase de MILF, a mesma disposição e bom humor de quando jovem.






Em 2010, ela brincou: "Agora eu trabalho com mulheres que são mais jovens que meus implantes mamários". 




Nina tem seu Site oficial, com fotos, vídeos e muitas lições de sexo da nossa bela e simpática professora!


















3 comentários:

  1. Show o seu blog. Se puder siga o meu blog de cinema

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marcelo! Muito bom o Cinema Sem Frescura! Parabéns!

      Excluir
  2. O que falar ou escrever de Miss Hartley ,eu sou um grande fã de seus filmes embora não tenha assistido todos os filmes em que ela participou e alguns eu comprei em VHS depois de um tempo e assisti á esse filmes .. ela é a rainha dos filmes pornôs ,uma deusa de personalidade forte e muita simpática ou que me parece já que eu nunca á vi pessoalmente e se visse tremeria de medo e vê ou conversar com o seu idolo dá um congelamento na gente ... o meu sonho um dia era beijar á bunda dela ( Nina Hartley ) e da ex-chacrete Rita Cadillac as duas mulheres com á bunda mais gostosas do planeta .. mas isso é um sonho e então vamos voltar á realidade e ela (Nina Hartley )com o passar do tempo está mais bonita se tornou um senhora lindissima ,parabéns por mais essa brilhante postagem de mais uma deusa do cinema underground alternativo Mestre absoluto Coffin Souza ,um abraço de Spektro 72 /Anselmo Luiz.
    E VIVA NINA HARTLEY ,DEUSA DOS FILMES HARDCORE

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...